Home / Conteúdos / Artigos / 6ª marcha teve 50 mil

6ª marcha teve 50 mil

A CUT e as demais centrais sindicais fizeram a maior das seis Marchas da Classe Trabalhadora, e levaram 50 mil a Brasília no dia 11 de novembro. Os eixos unificados eram: efetiva valorização do salário mínimo; novo marco regulatório para o pré-sal; atualização dos índices de produtividade da terra e contra o trabalho escravo; ratificação das convenções 151 e 158 da OIT; regulamentação da terceirização e combate à precarização; e principalmente, redução da jornada de trabalho sem redução de salários.

Veja também

Diálogos na esquerda | Raul Pont

O sistema eleitoral de dois turnos, criado para barrar vitórias populares e permitir arranjos eleitorais na direita, exige de nós uma resposta unificada desde o primeiro turno e/ou o compromisso aberto e franco de identidade comum de programa e de apoio mútuo no segundo turno. Esse é o sentimento e a reivindicação dos movimentos sociais e dos lutadores sem partido que estão conosco nas frentes de luta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook