Home / Conteúdos / Artigos / A arte de encontrar as lutas juvenis

A arte de encontrar as lutas juvenis

O 9º Fórum Social Mundial, em Belém do Pará, será palco de um importante momento para a juventude brasileira. Trata-se do Encontro das Lutas Juvenis, promovido pelo Fórum Nacional de Movimentos e Organizações Juvenis. Será um espaço de convergência das bandeiras de lutas de movimentos sociais, coletivos e redes juvenis, cujo resultado será a elaboração de uma plataforma comum de reivindicações para as diversas expressões organizadas de juventude e para o lançamento de uma campanha nacional para ampliação dos direitos juvenis.

por Marjorie Botelho, Gabriel Medina, Rosana Souza e Gabriela Batista

Queremos fazer com que as bandeiras de luta das juventudes brasileiras se encontrem, de maneira a fortalecer a busca por direitos e a unidade dessa imensa e rica diversidade de lutas juvenis.

O Fórum Social Mundial configurou-se como o espaço mais importante para a construção da resistência à globalização capitalista. No atual contexto de crise do neoliberalismo em escala mundial, precisamos dar respostas para superar a situação de extrema exploração de jovens, seja pela necessidade de trabalhar cada vez mais precocemente, seja pelo seu impedimento ao acesso à cultura, ao lazer, à educação e até mesmo à vida digna.

Assinam a convocação do Encontro das Lutas Juvenis, a Redes e Juventudes (PE), o Fórum das Juventudes Recife – PE, a Rede de Jovens e Meio-Ambiente (REJUMA), a Marcha Mundial de Mulheres, o Fórum da Juventude do Rio de Janeiro, o Fórum de Juventude do Maranhão, o Fórum de Juventude da região metropolitana de BH – MG, a ANPG, a UBES, a UNE e a Juventude da CUT. Outras organizações e redes de juventudes participarão do Encontro.

O encontro acontecerá na tenda de convergência do Acampamento Intercontinental da Juventude, na Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), território do Fórum Social Mundial Belém 2009.

O Fórum Social Mundial não é apenas um evento, mas um processo de convergência de lutas. A agenda política que surgirá dali requer muita mobilização posterior, pois apenas através das lutas conseguiremos transformar nossa sociedade em um mundo socialista e democrático. E esse mundo é realmente possível. E seremos nós os construtores e construtoras.

Marjorie Botelho, do Fórum da Juventude do Rio de Janeiro, Gabriel Medina, do Fórum de Juventude de Araraquara, Rosana Souza, do Coletivo Nacional de Juventude da CUT e Gabriela Batista, da Rede Juventude e Meio Ambiente (Rejuma), são membros do FNMOJ.

O que: Encontro das Lutas Juvenis
Quando: 29 de janeiro às 13 horas
Onde: na tenda de convergência do Acampamento
Realização: Fórum Nacional de Movimentos e Organizações Juvenis (FNMOJ)

Veja também

Lula: Quero andar pelo País para mexer com consciência do povo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva começou, nesta quinta-feira (17), na Bahia, a jornada que fará pelo Nordeste do Brasil. Em Salvador, ele deu início ao projeto Lula pelo Brasil, que percorrerá 25 cidades, em 20 dias. Segundo o presidente de honra do PT, a caravana terá como objetivo “mexer com a consciência do povo brasileiro”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook