Home / Conteúdos / Notícias / A Kizomba no 53o Congresso da UNE

A Kizomba no 53o Congresso da UNE

745407A partir desta quarta-feira (29), a UNE realiza seu 53o Congresso, em Goiânia. A capital goiana vai receber milhares de estudantes, vindos de todo Brasil, para acompanhar e participar de debates, grupos de discussão, passeatas e atividades culturais, que se encerrarão no domingo (2), com a Plenária Final do CONUNE e a eleição da nova direção da entidade.

Pela primeira vez o evento será transmitido ao vivo, pela internet, através da TV UNE (www.tvune.org.br). Entre os principais temas debatidos no CONUNE está a situação do ensino privado no Brasil, a luta pela democratização dos meios de comunicação, a reforma política, a integração latino-americana, entre outros temas. (Veja aqui a programação completa do congresso)

Aprofundamento da Nova Cultura Política no movimento estudantil

Ampliando cada vez mais sua participação no movimento estudantil brasileiro, o movimento Kizomba se confirmou mais uma vez como a 2a maior força do ME, após o credenciamento para o congresso.

Nos últimos anos, a Kizomba tem aumentado seu protagonismo na condução da UNE, assumindo responsabilidades maiores pela construção da entidade. Na atual gestão a organização ocupou espaços de destaque como a vice-presidência da entidade, com a companheira Clarissa Alves da Cunha, e a diretoria de políticas educacionais, com o companheiro Estevão Cruz. Tradicional protagonista no debate das políticas feministas, a Kizomba se destacou também na formulação dos debates a respeito das políticas antirracistas, educacionais e sanitaristas, no último período.

Tese para o 53o Congresso da UNE

Fazendo um balanço a respeito da última gestão da UNE, a tese da Kizomba para este CONUNE reconhece o protagonismo da entidade em importantes conquistas obtidas pelos movimentos sociais brasileiros – como a aprovação na, Câmara dos Deputados, da destinação de 10% do PIB para a educação pública – e enumera os avanços e os desafios que ainda precisam ser buscados pela próxima gestão:

“Saudamos a criação da Comissa o da Verdade da UNE, a publicação das contas da entidade no site da UNE, o empenho e seriedade na condução dos tramites para o início das obras da sede na Praia do Flamengo, 132. Por outro lado, é fundamental instalar efetivamente os Conselhos Fiscais e Editoriais da entidade, pensar coletivamente formas de democratizar radicalmente seus fóruns e elaborar estratégias autônomas e participativas de financiamento da rede do movimento estudantil.”

Outra tarefa fundamental será a participação da UNE na II Conferência Nacional de Educação, “tendo como norte estratégico o Projeto da UNE de Reforma Universitária e a atuação conjunta com o movimento educacional brasileiro”.

A tese ainda debate temas como a crise mundial, os 10 anos de Governos do PT, reforma política, democratização das comunicações, desafios para o combate ao machismo, racismo e homofobia e traz contribuições sobre o sistema de saúde brasileiro e sobre o desafio da manutenção da juventude rural na universidade.

De hoje até o último dia do congresso vamos publicar no site da DS os principais textos temáticos da tese, que pode também ser lida na íntegra aqui.

Veja também

CSD divulga Resolução Política de sua Plenária Nacional

A CUT Socialista e Democrática divulgou nesta semana a resolução política de sua I Plenária Nacional. Confira o video de divulgação feito por Rosane Silva, da Coordenação Nacional da CSD, a apresentação do documento e faça o download da íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook