Home / Conteúdos / Notícias / As imprescindíveis: Dôra – nossa homenagem a Maria Auxiliadora Gomes

As imprescindíveis: Dôra – nossa homenagem a Maria Auxiliadora Gomes

Há mulheres que lutam uma vida inteira. Elas são imprescindíveis.  Dôra é uma dessas.  Mulher guerreira, incansável buscadora por uma sociedade democrática e socialista, desejava um mundo sem opressores e oprimidos. Sua utopia sempre esteve bem próxima do seu cotidiano:

Praticou seus ideais feministas, compartilhando com seu companheiro Pedro o trabalho doméstico e o cuidado das filhas Joana e Paula. Construiu também com Marcos uma relação solidária.

Foi solidária e companheira em todos os espaços de militância, transformou sua casa em um espaço também para formação política. Esteve em muitas frentes de luta pelos direitos das mulheres e combateu o patriarcado em todas suas expressões no cotidiano da vida das pessoas.

Lutou contra a ditadura militar, construiu o Partido dos Trabalhadores, a Democracia Socialista, as lutas nos bairros Jardim América e, depois, Venda Nova. Mostrou na Regional Venda Nova, no Orçamento Participativo de Belo Horizonte e de Contagem que era possível construir democracia nas gestões governamentais.

Na Secretaria de Desenvolvimento Agrário, deu visibilidade às mulheres do campo. Na vida, foi afeto e luta.

Um acidente a tirou de nós. Deixou para nós a certeza de que é possível lutar sem jamais perder a ternura.

Viva Dôra!!!

Veja também

Nalu Faria, da Marcha Mundial das Mulheres, fala sobre protagonismo feminino

Em entrevista à Rádio Brasil de Fato, coordenadora da Marcha enaltece as mulheres como sujeitos ativos nos últimos atos.

Comente com o Facebook