Home / Conteúdos / Notícias / Baixe aqui a Revista da DS número zero

Baixe aqui a Revista da DS número zero

780802
Clique na imagem para visualizar o PDF

Já está disponível no nosso site, em PDF, o número zero da nova Revista Democracia Socialista. A revista, que terá periodicidade quadrimestral, foi lançada oficialmente no final de maio para cumprir o papel de alimentar debates estratégicos, reflexões mais aprofundadas e de formação política da DS, retomando a tradição da tendência de produção de publicações periódicas.

Clique aqui para baixar a revista

Este número zero apresenta um texto com o projeto político editorial da revista, traz uma reflexão sobre o PT, a DS e o direito de tendência, um artigo sobre a situação do Brasil diante da crise mundial e outro sobre a dimensão antirracista na construção da revolução democrática brasileira.

No texto de apresentação, o editor da revista, Joaquim Soriano, reforça que a publicação “têm um forte componente de afirmação da identidade política da corrente” e que pretende ser um veículo capaz de realizar a “troca de experiências e práticas diversas, sempre voltadas para encontrar os caminhos da revolução” e “para a constituição de um campo comum de debate com todos e todas militantes que sabem que outro mundo é possível, e que, mais que isso, é urgente fazê-lo”.

Além de Soriano, fazem parte do Grupo de Trabalho Editorial da revista Raul Pont, Cláudio Puty, Nalu Faria, Juarez Guimarães, Elmano Freitas, Clarice Paradise, João Gabriel e Marilene Teixeira. A coordenação editorial é de Marisa Mello e o projeto gráfico de Caco Bisol.

Veja também

Pré-campanha e as eleições 2018: possibilidades, limites e sanções | Lúcio da Costa

Artigo apresenta a discussão sobre as mudanças na lei eleitoral realizadas em 2015 e 2017 em relação a pré-campanha sendo tratados os temas das possibilidades e formas de realização de atividades de pré-campanha, as finanças e contabilidade desta, as vedações legais que devem ser observadas e analisadas a luz da norma e precedentes judiciais às sanções a propaganda antecipada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook