Home / Conteúdos / Artigos / Diretório Nacional recomenda a BH que volte a discutir aliança, sem incluir PSDB e PPS

Diretório Nacional recomenda a BH que volte a discutir aliança, sem incluir PSDB e PPS

O Diretório Nacional do PT aprovou por ampla maioria nesta sexta-feira (30), em Brasília, resolução recomendando ao Diretório Municipal de Belo Horizonte (MG) que volte a discutir e deliberar sobre a política de alianças no município, de maneira que seja afastada a possibilidade de coligação com PSDB e PPS – nos marcos do que já havia sido decidido pelo próprio DN e pela Executiva Nacional do partido.

A resolução delega “poderes legais e estatutários” à Executiva Nacional para que também volte a discutir e deliberar, caso necessário.

Leia a íntegra

Resolução do Diretório Nacional do PT sobre alianças em Belo Horizonte

Considerando o conteúdo político das resoluções sobre política de alianças nas eleições de 2008, aprovadas pelo Diretório Nacional do PT em suas reuniões de 9 de fevereiro de 2008 e 24 de março de 2008;

Considerando as resoluções aprovadas pela Comissão Executiva Nacional do PT nas reuniões realizadas em 24 de abril de 2008, 28 de abril de 2008 e 26 de maio de 2008, acerca das solicitações de alianças com partidos de fora da base de apoio do governo federal;

Considerando a retirada do recurso interposto à decisão da CEN que diz respeito à aliança com o PSDB em Belo Horizonte;

O Diretório Nacional do PT resolve:

1. Recomendar que O Diretório Municipal do PT de Belo Horizonte volte a discutir e deliberar sobre a política de alianças aprovada, afastando a possibilidade de coligação com PSDB e PPS.

2. Delegar expressamente à CEN, com os poderes legais e estatutários cabíveis, voltar a discutir e deliberar sobre as alianças em Belo Horizonte, caso necessário, dentro das diretrizes firmadas nas resoluções do Diretório Nacional de 9 de fevereiro de 2008 e 24 de março de 2008.

Diretório Nacional do PT
30 de maio de 2008

Veja também

Pelo que lutamos no 6º Congresso do PT | Coordenação Nacional da Democracia Socialista

Lutaremos junto com todos e todas que estiverem a favor de viabilizar a opção da democracia interna e da necessária mudança de rumo, à esquerda, do PT. Enfrentaremos os que querem inviabilizar por meios burocráticos desonestos o 6º Congresso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook