Home / Conteúdos / Notícias / ENEGRECER promove seminário sobre políticas educacionais de combate ao racismo

ENEGRECER promove seminário sobre políticas educacionais de combate ao racismo

170198O Coletivo Nacional de Juventude ENEGRECER promoverá um seminário sobre políticas educacionais e o combate ao racismo nos dias 12 e 13 de março em Salvador, na Bahia.

O seminário avaliará as políticas educacionais do governo federal – que contribuem no processo de democratização do ensino superior a partir da inclusão de negras e negras – e seus limites. Também serão abordadas as ações que objetivam combater o racismo nas universidades.

O seminário objetiva instrumentalizar os/as militantes do Enegrecer na disputa ideológica que é travada cotidianamente nos centros de ensino superior, assim como nas instituições de ensino fundamental e médio por todo o Brasil.

São esperados para este seminário militantes de diversos estados assim como de diferentes regiões da Bahia.

Programação: 

12 de março

– Políticas Educacionais e Ações Afirmativas no Ensino Superior Brasileiro.

Manhã (9:00 às 12:30) –  Painéis

•  O combate ao racismo nas universidades: desafios e perspectivas – Cristian Ribas

•  Políticas de cotas raciais: avaliação e novos desafios – Marcela Ribeiro

•  A universidade como palco de disputa: Popular versus Elitista – Miguel Cruz

Tarde (14:00 às 18:00) – Painéis

•  As estudantes negras no centro das políticas educacionais – Liliane Oliveira

•  Cidadania LGBT e o ensino superior brasileiro – Larissa Passos

•  Comunidades negras urbanas e os desafios da extensão universitária – Tâmara Terso

 

13 de março

– Planejamento

Manhã (9:00 às 12:00)

•  Enegrecer / Kizomba

•  Caravana da UNE

•  IV ENUNE

 

Tarde (14:00 ás 17:00)

– Organização

 

Veja também

Chico Mendes vive, porque sua luta nunca morre!

Em nota a CUT repudia declarações do Ministro do Meio Ambiente que, de forma "ignorante", desvalorizou a trajetória de Chico Mendes para defender suas posições pessoais na regulação ambiental. Para dirigente da Secretaria de Meio Ambiente da CUT Bolsonaro e seus ministros se utilizam das declarações estapafúrdias e ignorantes para gerar polêmica e desviar o foco da agenda de retrocesso de suas pastas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook