Home / Conteúdos / Artigos / Executiva Nacional se reúne na sexta em SP

Executiva Nacional se reúne na sexta em SP

Empossada no último sábado (22), a nova Executiva Nacional do PT fará sua primeira reunião na próxima sexta-feira (28),  às 9h30, na sede do Diretório Nacional do PT, em São Paulo.

Veja a pauta e a nova composição da executiva nacional:

Pauta:

– Recursos pendentes do PED;
– Situação financeira do PT;
– Discussão sobre o Encontro Nacional (data, local, pauta e texto);
– Calendário de atividades da Executiva Nacional;
– Relação da direção nacional com o governo federal.

Confira a composição da Executiva Nacional:

Presidência – Ricardo Berzoini (Construindo um Novo Brasil)

1ª vice – Marco Aurélio Garcia (Construindo um Novo Brasil)

2ª vice – Maria do Rosário (Movimento)

3ª vice – Jilmar Tatto (PT de Luta e de Massas)

Secretaria-Geral – Raul Pont (Coragem de Mudar)¹

Finanças – Paulo Ferreira (Construindo um Novo Brasil)

Comunicação – Humberto Costa (Construindo um Novo Brasil)

Organização –Romênio Pereira (Movimento)²

Internacional – Valter Pomar (A Esperança é Vermelha)

Assuntos Institucionais – João Batista (Construindo um Novo Brasil); adjunto Neila Batista (Coragem de Mudar)

Formação Política – Marlene Rocha (A Esperança é Vermelha)

Movimentos Populares – Bruno Maranhão (Esperança Militante)

GTE 2006 – Gleber Naime (Construindo um Novo Brasil)

 

Vogais

Valdemir Garreta (Construindo um Novo Brasil)

Marinete Merss (Construindo um Novo Brasil)

Raquel Marques (Construindo um Novo Brasil)

Martvs das Chagas (O Partido que Muda o Brasil)

Rosângela Rigo (Esperança Militante)

 

Líder do PT na Câmara – Henrique Fontana

Líder do PT no Senado – Delcídio Amaral

¹ A Secretaria-Geral terá como secretário-adjunto Joaquim Soriano (chapa Coragem de Mudar), membro do DN

² A Secretaria de Organização terá como secretário-adjunto Francisco Campos (chapa Socialismo e Democracia), membro do DN.

Veja também

Pelo que lutamos no 6º Congresso do PT | Coordenação Nacional da Democracia Socialista

Lutaremos junto com todos e todas que estiverem a favor de viabilizar a opção da democracia interna e da necessária mudança de rumo, à esquerda, do PT. Enfrentaremos os que querem inviabilizar por meios burocráticos desonestos o 6º Congresso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook