Home / Conteúdos / Notícias / Jacob Gorender – A esquerda revelada

Jacob Gorender – A esquerda revelada

786185Com informações da TV Câmara

Falaceu na última terça-feira (11), aos 90 anos, Jacob Gorender, um dos maiores expoentes do marxismo no Brasil. Gorender foi membro do Partido Comunista Brasileiro (PCB), integrou a Força Expedicionária Brasileira e foi um dos redatores da Declaração de Março de 1958, que mudou a orientação revolucionária do partidão no sentido de um caminho parlamentar e reformista. Depois do Golpe de 1964, ele fundou e dirigiu o Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR). Foi preso, reinventou-se como intelectual e escreveu livros como “O escravismo colonial” e “Combate nas trevas”.

Foram muitas décadas de dedicação ao Partido Comunista Brasileiro, o velho PCB. E o idealismo teve um preço alto: clandestinidade, prisão, dissidências, tortura. A partir da própria vivência e de pesquisas realizadas depois que saiu da prisão, na década de 1970, Jacob Gorender faz um recorte na história da esquerda no Brasil.

A vida desse historiador judeu e marxista é a base do documentário “A esquerda revelada”, realizado pela TV Câmara, em 2009 e que reproduzimos abaixo. O depoimento lúcido e sincero de Gorender relembra a infância pobre na capital da Bahia, e o início da militância, aos 19 anos de idade. Formado na rígida disciplina do “Partidão”, o historiador enfrentou a ditadura do Estado Novo de Getúlio Vargas, a Segunda Guerra Mundial, as dissidências da esquerda, a prisão e tortura no regime militar de 64, e muitos anos de vida clandestina.

Assista o vídeo clicando aqui: https://www.youtube.com/watch?v=ON7mXWsyJLw

Veja também

CSD divulga Resolução Política de sua Plenária Nacional

A CUT Socialista e Democrática divulgou nesta semana a resolução política de sua I Plenária Nacional. Confira o video de divulgação feito por Rosane Silva, da Coordenação Nacional da CSD, a apresentação do documento e faça o download da íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook