Home / Conteúdos / Artigos / Jornal Democracia Socialista Edição Eletrônica n°25(353) – maio de 2010

Jornal Democracia Socialista Edição Eletrônica n°25(353) – maio de 2010

Download e orientações para gráfica

 

Nesta edição Se preferir, clique aqui e  baixe a versão PDF do jornal

 

Muito além de evitar retrocesso
Eleições 2010. Plataforma da CUT quer ofensiva e defende participação popular.
Disputa aberta. Lançamento da pré-candidatura de Dilma, no 4º Congresso do PTA disputa presidencial de 2010 tem organizado posições e iniciativas das forças sociais em movimento no Brasil hoje. Está em jogo a possibilidade de avanço rumo ao projeto democrático e popular ou o retorno ao período desastroso de hegemonia neoliberal. O grande desafio do movimento sindical cutista é vincular a disputa eleitoral com a disputa de projetos para o Brasil.

Com esse objetivo, a concepção de desenvolvimento apresentada na Plataforma da CUT para as Eleições 2010 organiza a intervenção sindical nesta conjuntura. O conjunto dos elementos que compõem a formulação da central está sistematizado em forma de diretrizes e propostas que foram publicadas nessa Plataforma, que procura combinar crescimento econômico com três eixos estruturantes: valorização do trabalho; igualdade, distribuição de renda e inclusão social; e Estado democrático com caráter público e participação ativa da sociedade.

Ofensiva
A classe trabalhadora e as eleições 2010
Plataforma da CUT
Um instrumento para disputar rumos
 

ENTREVISTA

 

10 anos de Marcha e 100 anos de 8 de março
Nalu Faria fala sobre a ação internacional de 2010

Cerca de 3 mil mulheres caminharam de Campinas a São Paulo na 3ª Ação Internacional da Marcha Mundial das Mulheres. O ato marcou os 10 anos da Marcha e os 100 anos da proposição do 8 de março como Dia Internacional das Mulheres. Sob o lema “Seguiremos em marcha até que todas sejamos livres”, elas marcharam por 10 dias, participaram de atividades culturais e de formação política ao longo da jornada. Confira entrevista de Nalu Faria, da coordenação nacional da MMM, sobre a ação no Brasil e em âmbito internacional.

saiba mais »

 

 

FORMAÇÃO POLÍTICA

 

Uma nova geração e uma tradição de esquerda
Seguindo a Conferência, DS dá início a processo nacional de formação.

No mês de fevereiro, a Democracia Socialista reuniu noventa dirigentes de todas as regiões do país e de todas as áreas de atuação, durante quatro dias, na capital federal. A pauta: estudar a atualidade do nosso projeto para a construção socialista do Partido dos Trabalhadores. Intercalado com uma etapa de estudo a distância, o projeto de formação segue para a terceira etapa no mês de junho.

saiba mais »
Mais…
Uma celebração atual, 100 anos depois
Paraná: Corrupção, medo e represálias na Alep
DF: Em busca da redenção
Hobsbawn: A terceira crise
Fóum Social Mundial inova no formato
A derrota de Sarkozy
 

EDIÇÕES ANTERIORES
Jornal DS – 24 (novembro 2009)Jornal DS – 22 (abril 2007)

Jornal DS – 19 (junho 2006)

Jornal DS – 18 (abril 2006)

Jornal DS – 17 (março 2006)

Jornal DS – 16 (fevereiro 2006)

Jornal DS – 15 (dez/2005 e jan/2006)

As edições anteriores a 2006 do jornal Democracia Socialista estão disponíveis, na íntegra, no site, porém não estão catalogadas por edição. Utilize a ferramenta de busca no topo da página, à direita, para localizar uma matéria específica. Caso queira fazer busca relativa ao Jornal Em Tempo, utilize as referências indicadas na nossa seção de arquivo.

Veja também

A ideologia do não dito | Arlete Sampaio

Por trás do apontamento de ideologias falsificadas, da tentativa de revisar e negar a nossa história, está a ideologia do capital que é antipovo, que atenta contra a soberania do Brasil e os interesses populares. A ideologia do capital é a não dita, porque não pode ser dita e sustentada para os fins que os ocupantes do poder querem, que é a hegemonia das ideias, o apoio popular. A moda da invencionice de ideologias esconde a verdadeira ideologia que pauta o governo Bolsonaro: a do capital que é cruel e danosa com o povo brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook