Home / Conteúdos / Artigos / Lula se reelege com 58 milhões de votos e vence em 20 Estados

Lula se reelege com 58 milhões de votos e vence em 20 Estados

Contrariando os prognósticos apressados de que o país estaria dividido entre Luiz Inácio Lula da Silva e Geraldo Alckmin no primeiro turno, o resultado da eleição presidencial mostrou um Brasil claramente unido pela preferência por Lula.

O presidente reeleito teve mais de 58 milhões de votos (60,83% dos válidos) e venceu em 20 Estados, enquanto Alckmin ficou na frente em apenas sete. O tucano terminou o segundo turno com pouco mais de 37 milhões de votos – cerca de 2,5 milhões a menos do que no primeiro.

O crescimento da candidatura nos Estados foi tão relevante que Lula reverteu o quadro no Acre, Rondônia, Goiás e Distrito Federal, onde havia perdido no primeiro turno. O petista também aumentou sua votação em Estados em que já tinha votação impressionante, como Amazonas, Maranhão, Minas, Bahia, Rio e Pará.

Tirar a diferença
Em Goiás, o maior colégio eleitoral do Centro-Oeste, Lula deu uma virada. No primeiro turno, obteve 40,17% dos votos, contra 51,5% de Alckmin. Agora, conseguiu 54,78% e o tucano, 45,22%. No Distrito Federal, Lula tinha conseguido 37,05% dos votos no primeiro turno e Alckmin 44,11%. No segundo turno, Lula teve na capital 56,96% contra 43,04% do tucano.

Dos Estados em que Alckmin teve mais votos, Lula quase empatou no Paraná, onde 50,75% preferiram Alckmin contra 49,25% de Lula. O petista também reduziu em muito a vantagem de Alckmin no Estado em que o tucano governou. A diferença em São Paulo caiu de 3.835.935 votos para pouco mais de um milhão.

Unanimidade
No Amazonas, onde teve a maior vitória no primeiro turno (78,06% a 12,45%), Lula conseguiu crescer para 86,80%, contra 13,20% do tucano. No Maranhão, onde no primeiro turno teve 75,50% dos votos, Lula subiu agora para 84,63%.

Em Minas Gerais, o segundo maior colégio eleitoral do Brasil, Lula voltou a vencer Alckmin com vantagem ainda maior. No primeiro turno, ele obteve 50,8%; no segundo, deu um salto para 65,19%. Minas foi o Estado que Alckmin mais visitou na campanha para o segundo turno.

Na Bahia, onde aconteceu a maior surpresa do primeiro turno, com a vitória do petista Jaques Wagner, Lula obtivera 66,65% dos votos. No segundo, subiu para 78,12% e Alckmin obteve 21,88%. No Rio de Janeiro, Lula teve 49,18% dos votos no primeiro turno; no segundo, deu um salto de mais de 20 pontos porcentuais, alcançando 69,69% dos votos.

No Pará, onde o PT elegeu Ana Júlia, sua quinta governadora, Lula obteve 51,78% dos votos no primeiro turno, contra 41,59% de Alckmin. No segundo turno, Lula cresceu para 60,18% dos votos; Alckmin teve 39,82%.

Fonte: Portal do PT

Veja também

Cultivar a unidade, fortalecer as lutas e projetar o futuro | Janeslei Albuquerque

Dirigente da CUT e da CSD opina sobre os desafios das Frente Brasil Popular que realiza sua 2ª Conferência Nacional neste final de semana na Escola Nacional Florestan Fernandes em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook