Home / Conteúdos / Artigos / Nota do PT sobre a situação em Honduras

Nota do PT sobre a situação em Honduras

Leia nota do PT reafirmando posição diante do golpe militar em Honduras e em defesa da recondução do presidente constitucional, Manuel Zelaya, ao poder.

O golpe militar em Honduras, iniciado em 28 de junho, foi condenado pelas instituições internacionais e por todos os governos da região, em especial o governo brasileiro.

Coerente com isso, a embaixada brasileira em Honduras atendeu ao pedido de Manuel Zelaya, presidente legal e legítimo de Honduras, e o acolheu em nossa representação diplomática naquele país, que é reconhecida como território brasileiro, pelas convenções internacionais.

Esperamos que a presença do presidente Zelaya em território hondurenho contribua para o retorno da ordem constitucional.

Condenamos a repressão praticada pelos golpistas contra as mobilizações populares. Repudiamos as ameças e atos de agressão contra a Embaixada do Brasil. E registramos que as críticas contra a atitude solidária do governo brasileiro, feitas por expressivas lideranças do PSDB, DEM e PPS, apenas confirmam a falta de apreço da oposição pela democracia.

Comissão Executiva Nacional do PT
22 de setembro de 2009

Veja também

MP 871/2019 penaliza agricultores familiares que ganham salário mínimo, protege grandes devedores e beneficia instituições financeiras

A Reforma da Previdência já começou. No último dia 18 de janeiro foi assinada por Jair Bolsonaro a Medida Provisória 871/2019 que sob a justifica de combater fraudes, restringe o acesso a benefícios assistenciais e previdenciários da população mais pobre. Veja opinião da CONTAG e de outros sindicalistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook