Home / Conteúdos / Notícias / Nova Coordenação da DS se reúne em SP

Nova Coordenação da DS se reúne em SP

131542A nova Coordenação Nacional da Democracia Socialista se reuniu pela primeira vez na última sexta-feira (4), em São Paulo, para debater o novo momento do PT, após as mudanças aprovadas no 4o Congresso, as eleições de 2012, nossa intervenção na construção da CUT e a organização da corrente para o próximo período.

Em relação ao primeiro ponto, PT pós 4o Congresso, destacamos a importância da direção partidária defender e por em prática as importantes mudanças estatutárias aprovadas durante o evento.

É uma tarefa central da DS influenciar esse processo através da nossa presença nas instâncias de direção, utilizando de forma mais sistemática os meios de comunicação do partido e da tendência para emitir opiniões sobre a conjuntura política e a vida partidária. É importante buscar que a Mensagem se mantenha ativa e unida na defesa das conquistas do 4o congresso.

Também chamamos a atenção para a necessidade da formação de novos quadros dirigentes a partir da demanda surgida com a implantação da paridade de gênero e com as cotas geracional e étnico-racial.

Pela densidade do debate sobre o tema, ficou decidido que será redigido um texto específico sobre o PT pós 4o Congresso, relacionando suas decisões com as tarefas do PT numa conjuntura mais favorável no Brasil.

Eleições

A respeito das eleições do próximo ano, percebemos uma melhora no ambiente político para o PT. Entre os aspectos que contribuem para isso estão a defesa do emprego, a queda dos juros e uma postura ativa do governo Dilma face a crise do neoliberalismo.

Já sobre a participação da DS nas próximas eleições, Ela deve situar-se na política geral e unificada do PT para ampliar a presença do partido nos municípios. Nela destaca-se a sucessão em Fortaleza. Além dela, pelas responsabilidades que temos nas direções estaduais e municipais, destaca-se Porto Alegre. Temos ainda papel muito importante em Manaus e Belém. Mas além disso, em cidades estratégicas como Caxias, Uberlândia, Juiz de Fora, Feira de Santana, entre outras, teremos provavelmente companheiras/os à frente das disputas majoritárias. É fundamental a eleição de prefeitos/as, vereadores/ nas cidades médias e pequenas.

CSD

Com relação a atuação sindical da corrente, foi destacada a preparação para a 4a Conferência da CSD, que será realizada entre os dias 2 e 4 de março de 2012, ano que essa corrente sindical completa sua primeira década de existência. Entre as discussões mais importantes da Conferência estarão a abertura do debate sobre paridade de gênero nas instâncias da CUT e a estratégia de preparação para o 11o Congresso da CUT.

Organização

No último ponto foi discutida a organização interna da corrente e formado o novo Grupo de Trabalho Nacional (GTn). Para o próximo ano estão previstas duas reuniões da Coordenação e uma Plenária Nacional, entre março e abril, com a participação da metade do número de delegados presentes na X Conferência.

Outras atividades importantes para próximo período serão o Ativo de Negros e Negras da DS a ser realizado no 1o semestre de 2012 e o Ativo de Comunicação, que reunirá militantes da área de comunicação da corrente (dois por estado), nos dias 21 e 22 de janeiro.

O novo GTn, que fará reuniões quinzenais, é formado por 12 membros, seguindo a paridade de gênero e critérios de representação geracional e étnico-racial. Os membro do GTn são: Carlos Henrique Árabe, Nalu Faria, Rosane Silva, Joaquim Soriano, Clarissa Alves da Cunha, Estevão Cruz, Joanna Paroli, Fabiola Paulino, Cledisson Junior, Eliane Silveira, Anderson Campos e Rafael Freire.

Veja também

“Os jovens entram no mercado de trabalho desempregados”, aponta sociólogo Anderson Campos em seminário da CUT-RS

A difícil realidade dos jovens no mercado de trabalho foi o assunto do seminário “Juventude …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook