Home / Conteúdos / Notícias / Padilha: “Juiz de Fora não pode perder a chance de eleger Margarida Prefeita”

Padilha: “Juiz de Fora não pode perder a chance de eleger Margarida Prefeita”

374700Do site da Margarida

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, esteve em Juiz de Fora no último sábado (08), para reiterar o apoio do Governo Federal à Margarida. Padilha visitou o Ponto de Encontro, comitê suprapartidário, no centro da cidade, e gravou mensagem de apoio para os programas de TV e rádio da Coligação Juiz de Fora para Todos.

O ministro disse que chegou o momento da cidade dar a Margarida a vitória que já devia ter sido dada há quatro anos atrás. “Juiz de Fora não pode perder a chance de eleger Margarida prefeita, porque eu posso garantir que ela será capaz de buscar, junto ao Governo Federal, os recursos necessários para fazer uma verdadeira transformação na cidade”, disse. “Os recursos do Governo Federal estão disponíveis para todos os municípios e eu tenho certeza que Juiz de Fora, tendo uma prefeita comprometida como Margarida, terá acesso a estes recursos e melhorias”, afirmou.

Sobre os problemas enfrentados pela cidade na área da saúde, Padilha disse que o Governo Federal disponibilizou para todos os municípios brasileiros recursos para construção, reforma e ampliação das unidades básicas de saúde, além de ter destinado recursos para Juiz de Fora para a construção de UPAs. “Os recursos do Governo Federal já estão garantidos e estou certo de que Margarida irá acelerar as obras”, declarou, ressaltando que ela vai promover mudanças significativas na forma de governar a cidade.

Veja também

Pré-campanha e as eleições 2018: possibilidades, limites e sanções | Lúcio da Costa

Artigo apresenta a discussão sobre as mudanças na lei eleitoral realizadas em 2015 e 2017 em relação a pré-campanha sendo tratados os temas das possibilidades e formas de realização de atividades de pré-campanha, as finanças e contabilidade desta, as vedações legais que devem ser observadas e analisadas a luz da norma e precedentes judiciais às sanções a propaganda antecipada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook