Em destaque

A urgente reforma política

A democracia representativa no Brasil vive uma das suas maiores crises: ilegitimidade, descrédito, desmoralização do Poder Legislativo, quebra de confiança e de possibilidade de construção de acordos e compromissos estáveis e duradouros nas casas legislativas. Se há alguma possibilidade de autocrítica e de redenção dos equívocos que foram praticados recentemente, …

Leia mais »

Pela democratização da vida sindical no Brasil

A fundação da CUT, em 1983, teve como marca central a reivindicação da liberdade sindical, compreendida como parte fundamental para a democratização do Brasil e uma radical mudança na estrutura sindical brasileira. A herança da estrutura sindical oficial – construída desde Getúlio Vargas – e o ataque à organização sindical …

Leia mais »

As armadilhas da razão sectária

Este texto é uma tentativa de dialogar criticamente com os fundamentos do documento “Contribuição ao debate para a Conferência Nacional da Tendência Democracia Socialista”. 1. A primeira pergunta que ressalta quando lemos o documento dos companheiros da DS é: por que lançaram mão do artifício de reproduzir os principais trechos …

Leia mais »

Partido de Militância ou Partido Eleitoral? – Por um novo estatuto

Uma das razões da crise de identidade que o PT vive hoje decorre da reforma estatutária de 2001. O conjunto das alterações realizadas naquela oportunidade tende a transformar o Partido, cada vez mais, num partido eleitoral que abdica de sua organização de base em prol de uma dependência crescente aos …

Leia mais »

Outras notícias e Artigos

março, 2019

  • 14 março

    Marielle Franco: Presente! Hoje e sempre! | Bernardo Cotrim

    Hoje completa um ano que duas perguntas ecoam incessantemente: quem matou? Quem mandou matar? Esta semana, a primeira delas foi aparentemente respondida, com a prisão de Ronnie Lessa e Élcio Vieira de Queiroz, dois milicianos oriundos da Polícia Militar. Permanece sem resposta a mando de quem o crime foi cometido.

    Leia mais »
  • 13 março

    Rumo ao 7º Congresso do PT

    A realização do 7º Congresso deve ser um momento central da resistência às medidas do governo Bolsonaro, a começar pelo combate à reforma da Previdência, às políticas repressivas, mas também em defesa da revalidação da lei do salário mínimo. A luta contra as reformas impopulares deve estar combinada com a luta pela democracia, a soberania nacional e com a campanha pela libertação de Lula.

    Leia mais »
  • 13 março

    Membros da Lava Jato cometem “desvio de função” ao firmar acordo com os EUA; entenda

    Cientista político explica passo a passo os problemas de se criar uma fundação privada com dinheiro público da Petrobras.

    Leia mais »