Home / Conteúdos / Artigos / PT busca pré-candidatura única ao governo do DF

PT busca pré-candidatura única ao governo do DF

Lideranças políticas, parlamentares e dirigentes do Partido dos Trabalhadores no DF se reuniram nesta quarta-feira (05) para discutir a candidatura da legenda ao Palácio do Buriti. A maioria das tendências declarou apoio à pré-candidatura da distrital Arlete Sampaio. O ex-deputado Geraldo Magela anunciou sua saída das prévias e declarou apoio à deputada. Carlos Roberto, Dorgil Marinho, Cláudio Santana e o deputado Chico Floresta também disputam a preferência da militância petista.

O Diretório Regional do PT-DF fará reunião extraordinária na próxima sexta-feira (07), às 19h, no SindSaúde. O objetivo é chegar a um acordo em torno de uma pré-candidatura única ao Palácio do Buriti. O partido mantém a posição de encabeçar uma chapa ao GDF. Mas os dirigentes já declararam que os cargos de vice-governador e de senador estão abertos aos demais partidos de esquerda. O PT-DF vai buscar a unidade com outros partidos para compor uma ampla frente de centro-esquerda.

As inscrições para pré-candidaturas do PT ao GDF terminam na sexta-feira e para deputado distrital e deputado federal em 20 de abril. As prévias do partido estão marcadas para 21 de abril. Caso haja segundo turno, a votação ocorrerá em 07 de maio.

Veja também

A antirreforma trabalhista: sem direitos e sem emprego | Miguel Rossetto

A nova reforma trabalhista é filha do golpe contra a democracia, a soberania nacional e os direitos do povo. Reduz o valor do trabalho e aumenta a exploração do trabalhador. Interrompe o ciclo virtuoso iniciado em 2003. Quer enfraquecer os sindicatos, acabar com direitos trabalhistas, dificultar o acesso à Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook