Home / Conteúdos / Notícias / PT realiza Encontro Nacional de Setoriais

PT realiza Encontro Nacional de Setoriais

218752Com informações do Portal do PT e do site do deputado Bohn Gass

O Partido dos Trabalhadores realizou no último fim de semana (28 e 29 de abril) o Encontro Nacional dos Setoriais, em Brasília, que reuniu cerca de mil filiados de vários estados e municípios de todo o país.

O Encontro teve como objetivos principais a eleição dos coordenadores dos 14 setoriais, de diversos segmentos que são coordenados pela secretária de Movimentos Populares e os novos secretários Nacionais da Secretaria Agrária e do Meio Ambiente, além da realização do debate programático sobre as temáticas destes setoriais.

Setorial Agrário

O deputado federal gaúcho Elvino Bohn Gass foi reeleito, por unanimidade, para um novo período à frente da Secretária Agrária Nacional do PT. Ele ficará na função até 2014. Este foi o maior encontro do Setorial Agrário do PT, que saltou de 4,5 mil para 10 mil filiados optantes desde 2010, quando Bohn Gass foi eleito pela primeira vez. Participaram do encontro 144 delegados de 15 estados brasileiros.

Para Bonh Gass, o encontro reforça as organizações partidárias dentro do PT e é fundamental para criar reformas profundas e atuar junto com o movimento social, no sentido de construir programas para sustentar as mudanças que o Brasil ainda necessita:

“Foram dos debates e estudos deste setorial que nasceram algumas das principais políticas desenvolvidas pelos governos de Lula e Dilma, que mudaram o olhar dos brasileiros sobre a agricultura familiar. Hoje, o povo brasileiro não vê mais o colono como sinônimo de homem sem estudos, mas sim como figura responsável pela produção de 70% da comida que o alimenta. É, portanto, um grande orgulho coordenar esta setorial e, mais ainda, ser reeleito por unanimidade para permanecer à frente deste trabalho”, disse o deputado.

Segundo Bonh Gass o evento serviu para reforçar ainda mais o compromisso do PT com as causas rurais:

“É um debate programático, pois nós estamos disputando um modelo agrário rural brasileiro. Para a Secretaria Agrária do PT, o modelo não pode ser escravista, deve combater a monocultura e o latifúndio e não agredir o meio ambiente. Nós queremos que ele seja sustentável, com pessoas produzindo comida de forma tranquila, para terem paz no campo e para que se faça a Reforma Agrária. Queremos o empoderamento do agricultor familiar, com renda, educação e saúde de qualidade, para que nós tenhamos inclusão produtiva, pesquisa e assistência técnica voltada para esse Brasil rural sustentável”, afirmou.

Meio Ambiente

Na eleição do novo titular da Secretária Setorial Nacional de Meio Ambiente não houve acordo entre as duas chapas concorrentes e a escolha da nova coordenação foi feita por votação. Os delegados e delegadas depositaram seus votos em uma urna, que foi lacrada e será aberta no próximo dia 10 de maio, na reunião da Executiva Nacional do PT. O resultado só será conhecido no dia da reunião da executiva, pois existem recursos de alguns estados que ainda não foram apreciados pela direção do partido.

Para o atual secretário de Meio Ambiente do PT, Júlio Barbosa, a realização do encontro ocorreu em uma relevante ocasião, na qual a Secretaria de Meio Ambiente teve a oportunidade de debater e apresentar recomendações à presidenta Dilma Rousseff sobre as mudanças do Código Florestal. Para o secretário, o texto aprovado no Câmara dos Deputados foi um retrocesso para a agenda ambiental do Brasil.

“Este encontro tem também o papel importante de construir recomendações que possam chegar a nossa presidenta, para contribuir com a tomada de posição sobre o caminho a ser adotado em relação à sanção ou ao veto do Código Florestal”, disse.

Movimentos Populares

Nas eleições dos 14 setoriais que são vinculados à Secretária Nacional de Movimentos Populares, não ficou definido apenas o nome que coordenará o Setorial Nacional de Esporte e Lazer. Assim como aconteceu com o Setorial de Meio Ambiente, o resultado desta eleição só será conhecido no dia 10.

O secretário nacional de Movimentos Populares do PT, Renato Simões, afirmou que os setoriais do PT têm uma atribuição de extrema responsabilidade porque contribuem de forma relevante na elaboração programática do Partido dos Trabalhadores.

“Os últimos Congressos do PT reforçaram muito a existência dos setoriais e agora essa importância está no Estatuto do PT, pois os setoriais são instâncias que organizam a militância petista nos movimentos sociais daquele setor e elaboram programas partidários, sejam eles plataformas de governo, posições de partido ou programas de governo, além também de fazerem a interface do PT com os seus governos naquela área”.

Além do Setorial de Esporte e Lazer, foram realizados também os encontros dos outros setoriais vinculados à Secretária Nacional de Movimentos Populares: Pessoas com Deficiência, Saúde, Educação, Moradia, Indígenas, LGBTT, Ciência & Tecnologia e T.I Transporte, Direitos Humanos, Segurança Pública, Segurança Alimentar, Economia Solidária e Comunitário.

Veja também

Feminismo de esquerda é tema de debate rumo ao encontro setorial de mulheres

Como parte de um processo coletivo e aberto de preparação para o Encontro Secretaria de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook