Home / Conteúdos / Artigos / ‘Quem sabe faz a hora, não espera acontecer’

‘Quem sabe faz a hora, não espera acontecer’

Desde a sua criação em 1986, a Comissão Nacional sobre a Questão da Mulher Trabalhadora da CUT, hoje, Secretaria Nacional sobre a Mulher Trabalhadora – SNMT, tem atuado para superar as desigualdades e discriminações a que as mulheres são submetidas nos diversos espaços de sua vida, ações estas que foram fortalecidas com a aprovação da cota mínima de gênero de 30%, em nosso Congresso de 1993.

Clique e leia o artigo no site da CSD

Veja também

As eleições de 2018 e os desafios da esquerda | Raul Pont

"Não há mais condições de rompermos a crise do sistema eleitoral e partidário sem apontarmos para a sociedade a formação de um bloco sólido, plural, mas unificado em torno de um programa comum que a população se identifique. A eleição precisa ter o caráter pedagógico da identidade com um programa, um projeto de longo prazo, animado por uma Frente política ampla mas com uma coerência programática e objetivos comuns", defende Raul Pont.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook