Home / Conteúdos / Artigos / Rede de solidariedade compensa falta de recursos

Rede de solidariedade compensa falta de recursos

Parceiros da Rede Pintadas trabalham em conjunto pelas melhorias no município.

Quando o PT ganhou as eleições em Pintadas, em 1996, a primeira retaliação do governo da Bahia foi fechar o Banco do Brasil, única agência bancária existente no município. Isto, no entanto, não intimidou o partido nem os movimentos sociais organizados que acabavam de eleger sua representante política, Neusa Cadore. Juntos, criaram a Cooperativa de Crédito de Pintadas (Sicoob-Sertão), que começou com um capital inicial de R$ 10 mil e hoje já contabiliza mais de R$ 1,5 milhão.

O Sicoob é um dos 11 parceiros da Rede Pintadas, um fórum criado em 1999 que reúne entidades locais de diferentes segmentos e o governo municipal com uma missão: promover o desenvolvimento sustentável e integrado de Pintadas. A rede capta recursos e desenvolve projetos de interesse social. Assim, o orçamento público de Pintadas é o da administração e o da rede. “Eles se somam e se multiplicam. Esta estratégia foi decisiva para ajudar o governo a driblar a falta de recursos”, esclarece a prefeita Neusa Cadore.

A teia da Rede Pintadas está em projetos como o Parceiros da Terra, que incentiva a caprinoovicultura; na padaria, restaurante e lanchonete da Associação de Mulheres; no Projeto Renascer, que atende crianças e adolescentes em situação de risco, e na Semana de Cultura, que está em sua quarta edição e conta com a participação de jovens de 10 cidades.

Veja também

Dia 30 de Junho vamos parar o Brasil!

Na tarde desta sexta-feira (23), a CUT e as demais centrais sindicais se reuniram em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook