Home / Conteúdos / Notícias / RJ: Manifesto Clarissa Presidenta do PT-Rio

RJ: Manifesto Clarissa Presidenta do PT-Rio

1114992Manifesto em apoio à candidatura da companheira Clarissa Alves da Cunha para a presidência do PT da cidade do Rio de Janeiro

Esse manifesto reúne valiosos petistas de várias gerações, regiões da cidade e grupos sociais. Defendemos a candidatura da Clarissa para propor mudanças profundas no PT do Rio de Janeiro. Entendemos essa candidatura como um movimento que não se esgota no PED, mas que pretende reposicionar o PT enquanto alternativa real de poder ao modelo vigente em nossa cidade liderado pelo PMDB. Esse manifesto está em aberto para novas assinaturas e contribuições daqueles que queiram se engajar nesse movimento. Nos próximos parágrafos indicaremos apenas em linhas gerais alguns princípios que norteiam nossa candidatura.

A mudança da estrutura social do Brasil é resultado direto das políticas sociais promovidas pelos governos do PT nos últimos 10 anos. A diminuição da miséria e o aumento da renda da classe trabalhadora tem sido a fonte de sustentação do nosso projeto político. No entanto, essas mudanças ocorridas no Brasil também trazem novos desafios e novas demandas, tornando necessário para a esquerda uma atualização programática e política com capacidade para construir um novo ciclo de transformações ainda mais profundas e universais. Essa conjuntura exige um PT fortalecido capaz de entender esta nova realidade e de impulsionar um novo reagrupamento social entorno de um projeto político que aprofunde as conquistas do último período.

Nossa candidatura defende a atualidade da nova cultura política enquanto valor estratégico na concepção de partido. A Nova Cultura sempre foi marca do PT, como alternativa ao projeto da direita assim como à esquerda tradicional no Brasil, permitindo que nos tornássemos um partido de massas e a principal ferramenta de luta daqueles que acreditam em um outro mundo. Isso não significa que queremos o PT dos anos 80 ou dos anos 90, ao contrário, queremos um PT do nosso tempo, capaz de entender as maneiras de organização do capitalismo contemporâneo e de se engajar nas novas formas de resistência.

O modelo de desenvolvimento promovido pelo PMDB no estado e na cidade do Rio de Janeiro é excludente e moldado de acordo com os interesses do mercado. A elitização do Maracanã e o superfaturamento de suas obras, fato que vem ocorrendo nas obras da Copa do Mundo e das Olimpíadas, em contraposição ao constante processo de precarização de diretos básicos da cidadania, como a saúde e a educação, estão construindo uma cidade voltada apenas para os interesses de sua elite econômica. Da mesma maneira, as políticas de higienização da cidade, como as batizadas de “choque de ordem”, e as internações compulsórias a usuários de crack, articuladas a repressão brutal aos movimentos sociais, em que a greve dos professores é um dos mais expressivos exemplos, vem transformando o Rio na Capital do Capital. Estes processos exigem uma resposta da Direção Municipal do PT.

Queremos criar novas práticas políticas que possibilitem o PT se organizar de forma radicalmente democrática, estando presente nas redes e nas ruas, dialogando com os movimentos e participando das lutas. A presença do PT nas lutas populares que defendem o espaço público como local privilegiado para a efetivação de direitos de cidadania, como foram as manifestações de junho e as dos profissionais de educação recentemente, combinada a mecanismos de democracia interna, são fundamentais para apresentarmos um projeto para a cidade do Rio de Janeiro diferente do que está colocado. Defendemos um Partido vivo, alegre e em constante construção coletiva, aberta para todos e todas que desejam lutar por uma cidade cidadã.

A candidatura da Clarissa representa os anseios de mudanças no PT e na nossa cidade. Clarissa foi coordenadora do DCE da PUC, secretária-geral da UEE, vice-presidenta da UNE, é militante feminista da Marcha Mundial das Mulheres e membra do diretório estadual do PT. A juventude articulada com sua trajetória militante faz de Clarissa a candidata com maior capacidade de construir um PT profundamente democrático e conectado com as ruas. Por um PT militante, socialista e de massas, Clarissa Presidenta.

#Muda PT! #Muda Rio

Veja também

CSD divulga Resolução Política de sua Plenária Nacional

A CUT Socialista e Democrática divulgou nesta semana a resolução política de sua I Plenária Nacional. Confira o video de divulgação feito por Rosane Silva, da Coordenação Nacional da CSD, a apresentação do documento e faça o download da íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook