Home / Conteúdos / Notícias / Robinson Almeida assume mandato na Câmara e bancada do PT contará com 58 deputados

Robinson Almeida assume mandato na Câmara e bancada do PT contará com 58 deputados

robinson3A Bancada do PT na Câmara ganhou reforço este ano com a posse nesta quarta-feira (25), do deputado Robinson Almeida (PT-BA). Ex-secretário de Comunicação Social da Bahia na gestão de Jaques Wagner, Robinson Almeida afirmou que a prioridade na sua atuação parlamentar como deputado federal é a defesa da Bahia, do povo brasileiro e do restabelecimento da democracia no país. Com sua posse a bancada do PT passa a contar com 58 deputados.

“Vou me somar à luta da sociedade pelo reestabelecimento da democracia no nosso país, como condição necessária para a retomada do desenvolvimento. Só um governo eleito pelo voto popular terá legitimidade para resolver a crise política, econômica e institucional que o golpe do impeachment mergulhou o Brasil. Com coragem e humildade vou lutar pela Bahia e pelo povo brasileiro nesses tempos difíceis de golpe e ataques aos direitos sociais. Vamos à luta, de pé, firme, restabelecer a democracia, com eleições diretas, um novo presidente para a gente poder retomar este país e o povo brasileiro voltar a sorrir”, reiterou.

Robinson assume o mandato parlamentar em decorrência da nomeação do deputado federal Fernando Torres (PSD) para a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SEDUR), na reforma administrativa feita pelo governador da Bahia, Rui Costa.

O novo parlamentar afirmou que vai combater o congelamento por 20 anos nos investimentos em saúde, educação e assistência social, proposto pelo governo golpista de Michel Temer. “A conta da crise está, mais uma vez, sendo paga pelo lado mais fraco. O país terá que rever essa medida para assegurar garantias mínimas de cidadania ao seu povo”.

Outras propostas do governo ilegítimo que terão forte oposição de Robinson Almeida são as reformas da Previdência e Trabalhista. “O sistema previdenciário precisa de ajuste, especialmente pra garantir a aposentadoria das futuras gerações. Mas é inadmissível que o trabalhador tenha que contribuir por quase 50 anos para obter o benefício integral; que não seja reconhecida a diferença da aposentadoria para as mulheres, que tem jornada superior aos homens e que aqueles que trabalham na área rural não sejam tratados de forma diferente. Também vou fazer oposição a esta reforma trabalhista que quer mexer em direitos consagrados da população na CLT”, explicou.

A democratização da comunicação, a defesa do esporte como fator de inclusão social, o fortalecimento da agricultura familiar e a agenda de direitos, da segurança pública, são outras bandeiras com as quais Robson Almeida está comprometido.

“O país vive situação dramática na área da segurança pública e este tema merece atenção especial. Defendo um modelo de segurança cidadã, com adoção de medidas que reduza o alarmante número de homicídios, que proteja a população jovem e negra e que reveja os gargalos do falido sistema prisional. Precisamos pensar na democratização da comunicação pois no Brasil há um monopólio com cinco grupos controlando o conteúdo produzido no país. Precisamos de mais pluralidade e mais participação da sociedade, que precisa ser bem ouvida e bem informada. Vou para Brasília lutar, mas não sairei da Bahia. Nas ruas, nas redes e nas instituições honrarei a votação recebida de 64.265 baianos e baianas”, reiterou.

“Vamos enfrentar este momento e certamente o povo brasileiro vai poder reconquistar a condução do seu destino usurpada por uma manobra da elite brasileira que não aceitou o resultado eleitoral e depôs uma presidenta honesta, íntegra e que não cometeu nenhum crime de responsabilidade e no seu lugar assumiu um grupo que é constantemente denunciado e carece de legitimidade para poder conduzir os destinos da nação”, disse Robinson Almeida.

Dados – Ex-Secretário Estadual de Comunicação da gestão Jaques Wagner, Robinson Almeida exerceu o cargo de Chefe de Gabinete da Secretaria Geral da Presidência da República e também no Ministério do Trabalho e Previdência Social, a convite do então ministro Miguel Rosseto. Voltou à Bahia após o golpe do impeachment contra Dilma Rousseff.

Robinson Almeida nasceu em Jequié, foi criado em Santo Antônio de Jesus e formou-se em Engenharia Elétrica (UFBA). Foi líder do movimento estudantil de Salvador e exerceu importante papel na construção do PT da Bahia. Casado com Everli Almeida, é pai de Liz, Theo e Tito.

PT na Câmara

 

 

Veja também

CSD divulga Resolução Política de sua Plenária Nacional

A CUT Socialista e Democrática divulgou nesta semana a resolução política de sua I Plenária Nacional. Confira o video de divulgação feito por Rosane Silva, da Coordenação Nacional da CSD, a apresentação do documento e faça o download da íntegra.

Comente com o Facebook