Home / Conteúdos / Notícias / Uma nova política de comunicação para a DS

Uma nova política de comunicação para a DS

120064Como os companheiros e companheiras já puderam notar, está no ar uma versão de teste do novo portal da Democracia Socialista. O site, construído pelos nossos companheiros da Urucum Brasil, entrou na rede antes de estar 100% pronto para que todos e todas possam dar opiniões e sugestões.

Essa ferramenta vem contribuir para atualizar nossa política de comunicação e cumprir os objetivos tirados na X Conferência da DS para a área. O antigo site, lançado em 2003, não respondia mais às demandas surgidas com o desenvolvimento das novas tecnologias de informação. O novo portal nos dará maior agilidade na divulgação de artigos e notícias relacionadas a nossa atuação política, além de trazer novas possibilidades como a transmissão ao vivo de eventos e o compartilhamento de fotos, vídeos e arquivos de áudio.

Pretendemos usar o portal como um fator de organização da DS, onde nossos militantes possam encontrar informações da agenda geral da corrente, do PT e dos movimentos sociais. Com ele podemos ainda socializar experiências da nossa atuação nas mais diferentes áreas, propor discussões, construir e disputar opiniões dentro do partido e da sociedade.

O objetivo é fazer com que esse veículo cumpra as tarefas que delegávamos ao Jornal DS/Em Tempo até a última década. Os materiais impressos continuarão a ser produzidos, mas devem ser menos presos a debates conjunturais ou que demandem respostas mais imediatas, para cumprir o papel de alimentar debates estratégicos, reflexões mais aprofundadas e de formação política.

Em janeiro, vamos organizar o Ativo Nacional de Comunicação da DS, onde constituiremos uma rede nacional colaborativa, responsável por alimentar e ampliar o alcance das nossas mídias. Em nossa última conferência reunimos cerca de 5 mil militantes. Precisamos utilizar esta capilaridade para a produção e disseminação de informações sobre a corrente. Os canais oficiais de comunicação devem servir para centralizar, difundir e arquivar essas informações, além de produzir conteúdo para ser multiplicado pela nossa rede de militantes.

O mundo passa por um momento ímpar de questionamento do sistema capitalista. Sua queda, porém, não se dará de forma automática. A construção de uma Revolução Democrática rumo ao socialismo depende muito da disputa do atual discurso hegemônico na sociedade. É exatamente para fazer essa disputa que a DS atualiza sua política de comunicação.

Veja também

Juntos com Rossetto pelo Rio Grande

No final da década de 1990, nos disseram que as políticas “modernizantes” do neoliberalismo seriam …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook