Home / Conteúdos / Artigos / Vox Populi: Dilma sobe e já passa dos 20%

Vox Populi: Dilma sobe e já passa dos 20%

Pesquisa do instituto Vox Populi realizada entre os dias 2 e 7 de maio mostra que a ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, já tem entre 19% e 25% de intenção de votos para a Presidência da República, caso seja candidata em 2010. Leia aqui texto em que o jornalista Rodrigo Vianna aborda o (não) tratamento da mídia para o assunto.

texto publicado por Rodrigo Vianna* em 21/05/2009.

Pesquisa do Vox Populi mostra que Dilma Roussef subiu na preferência popular, atingindo 22% na simulação em que José Serra aparece como o candidato do PSDB.

O levantamento capta algo que já se percebe nas ruas: a tentativa de “Globo”, “Folha” e “Veja” (entre outros) de enfraquecer a candidatura de Dilma, ao explorar de forma torpe a doença da ministra, parece ter dado resultado inverso. A população se aproximou de Dilma, ficou solidária a ela.

A “Folha” –  que fala para menos de 1% da população adulta brasileira – pensou que jogaria Dilma no ridículo ao “noticiar” que ela estava usando peruca. Ora, Dilma está se tratando de um câncer, faz quimioterapia, e quem já teve um parente com câncer sabe que quimioterapia derruba os cabelos. O que a “Folha” queria? Que Dilma aparecesse sem cabelos, como o Serra?

Foi patética a tentativa dos Frias! Mais uma tentativa – frustrada, diga-se – de atacar a candidata de Lula.

A superexposição da ministra fez com que mais gente ficasse sabendo que ela é a candidata de Lula. E isso faz toda diferença!

Detalhe: a  pesquisa do Vox Populi foi encomendada pelo PT – o que poderia gerar desconfiança entre alguns: “ah, encomendada pelo PT, por isso traz números favoráveis”.

Ora, porque devemos confiar mais numa pesquisa do IBOPE, encomendada pela “Globo”, ou num levantamento do DataFolha para a família Frias?

Agora há pouco, enquanto jantava num restaurante de beira de estrada, em Salgueiro (PE), assisti à escalada (manchetes na abertura do jornal) do JN, da Globo. Nada da pesquisa. Nos sites, na noite desta quinta, também não achei nada. Quem me trouxe a noticia foi o técnico da Record Francisco Miranda, que me acompanha na viagem a trabalho pelo sertão nordestino. Ele viu a notícia sobre a pesquisa no “Jornal da Gazeta”, que aqui passa pela antena parabólica.

Bem, duvido que alguém na grande mídia dê destaque para os números favoráveia a Dilma. Mas eles estão aí. Devem ser lidos com cautela porque um ano e meio ainda nos separam das eleições de 2010. De toda forma, são surpreendentes porque a candidata do governo cresce em meio à crise econômica, em meio ao noticiário da doença e em meio aos ataques diários da grande mídia contra o governo Lula.

* Rodrigo Vianna, responsável pelo blog “Escrevinhador” (www.rodrigovianna.com.br), é jornalista.

Abaixo, texto publicado no site do PT:

“Pesquisa do instituto Vox Populi realizada entre os dias 2 e 7 de maio mostra que a ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, já tem entre 19% e 25% de intenção de votos para a Presidência da República, caso seja candidata em 2010.

O levantamento, que ouviu duas mil pessoas em todas as regiões do país, mostra ainda que o PT continua sendo o partido de maior preferência da população. O índice, que era de 25% em maio de 2008, saltou para 29% agora. Em seguida, vêm PMDB, com 8%; e PSDB, com 7%. O DEM, ex-PFL, tem apenas 1%.

Encomendada pelo PT, a pesquisa mostra também um quadro de ampla aprovação popular ao governo Lula. A avaliação positiva do presidente (considerando os índices de ótimo, bom e regular positivo) chega a 87%. Para 60%, o Brasil  melhorou nos últimos dois anos, enquanto 67% se dizem satisfeitos ou muito satisfeitos com o país.

O presidente nacional do PT, deputado Ricardo Berzoini, comemorou os resultados do levantamento.

“A pesquisa mostra um quadro muito positivo, pois o PT ampliou seu percentual de  preferência partidária junto à população, com atributos positivos em vários aspectos. Nosso governo está com mais de 80% de aprovação. Isso mostra o acerto da condução partidária e das medidas de enfrentamento à crise mundial”, afirmou.

Berzoini também destacou a subida de Dilma na sondagem eleitoral. “O desempenho da Ministra Dilma é consistente, levando-se em conta que boa parte da população não a conhece e não sabe ainda que Lula e o PT a apóiam. Vamos apresentar um Programa com mais avanços e novas conquistas para as eleições de  2010, para trabalhar a ampla aprovação da maioria da população ao projeto em andamento no país”.

Veja abaixo os principais números da pesquisa, que tem margem de erro de 2,2 pontos percentuais:

BRASIL
67% estão satisfeitos ou muito satisfeitos, igual a maio de 2008

27% estão insatisfeitos; 5% muito insatisfeitos

Para 60%, Brasil melhorou nos últimos anos

Para 14%, piorou

Para 56%, vai melhorar nos próximos 2 anos

Para 13%, vai piorar

PARTIDOS

Preferência
PT tem 29% da preferência partidária; alta de 4 pontos em relação a 2008 e de 10 pontos sobre 2004.

PMDB tem 8%; PSDB tem 7%; e DEM tem 1%

Eleitores sem preferência: 49%, queda de 15 pontos em relação a 2004 (64%)

Rejeição
PT tem 8% de rejeição, estável em relação a 2008

PMDB tem 5%; PSDB tem 5%; e DEM tem 3%

67% não rejeitam nenhum partido, queda de 2 pontos em relação a 2008 (69%)

Imagem
Primeiro partido que vem à cabeça: PT, 35%; PMDB, 24%; PSDB, 14%.

AVALIAÇÃO DO PT
59% têm muita ou alguma simpatia pelo PT, aumento de 12 pontos sobre 2008

81% acham o PT forte ou muito forte, aumento de 5 pontos em relação a 2008

65% consideram positiva a atuação do PT na política, aumento de 5 pontos sobre 2008

Para 70%, o PT ajuda o Brasil a crescer, aumento de 5 pontos sobre 2008

Opiniões sobre o PT
É dinâmico e trabalhador: 75%, contra 69% em 2008

É moderno, com idéias novas: 75%, contra 69% em 2008

Deve ter candidato próprio à Presidência: 68%, contra 67% em 2008

GOVERNO LULA
Desempenho do presidente

Avaliação positiva: 87% (ótimo, bom e regular positivo), contra 84% em 2008

Avaliação negativa: 13% (ruim, péssimo e regular negativo), contra 15% em 2008

Melhores ações do governo
Programas sociais, 36%; política econômica, 19%; Educação, 8%; Habitação, 7%

ELEIÇÕES
Partido do próximo presidente

Para 34%, próximo presidente deve ser do PT

Projeto de país
Para 73%, próximo presidente deve continuar com todas ou com a maioria das atuais políticas, contra 68% em 2008.

Candidato apoiado por Lula
23% votam com certeza no candidato apoiado por Lula

41% pode votar, dependendo do candidato

10% não votam

22% não levam isso em consideração

INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE, 1º turno, estimulada

Cenário 1

Ciro Gomes (PSB), Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Heloísa Helena (Psol)

Ciro, 23%; Dilma, 21%; Aécio, 18%; Heloísa, 10%; Branco/Nulo/NS, 18%

Cenário 2

Ciro Gomes (PSB), Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Heloísa Helena (Psol)

Serra, 36%; Dilma, 19%; Ciro, 17%; Heloísa, 8%; Branco/Nulo/NS, 19%

Comparativo: Em relação a maio de 2008, Dilma subiu 10 pontos; Serra caiu 10 pontos; e Ciro caiu 6 pontos.

Cenário 3

Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Heloísa Helena (Psol)

Dilma, 25%; Aécio, 20%; Heloísa, 16%; Brancos/Nulos/NS, 40%

Cenário 4

Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Heloísa Helena (Psol)

Serra, 43%; Dilma, 22%; Heloísa, 11%; Branco/Nulo/NS, 24%

Cenário 5

Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB)

Serra, 48%; Dilma, 25%; Branco/Nulo/NS, 37%

Rejeição
Heloísa, 17%; Aécio, 13%; Serra, 12%; Dilma, 11%; Ciro, 9%.

Veja também

Para além do financiamento: por um sindicalismo combativo! | Milton Rezende

Diante da reforma trabalhista, que entra em vigor em novembro, a principal discussão na mídia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook