Home / Conteúdos / Notícias / 2ª PLENÁRIA NACIONAL DA DEMOCRACIA SOCIALISTA, TENDÊNCIA DO PT

2ª PLENÁRIA NACIONAL DA DEMOCRACIA SOCIALISTA, TENDÊNCIA DO PT

2613446A Democracia Socialista, tendência interna do Partido dos Trabalhadores, realizará sua 2ª Plenária Nacional nos dias 11 a 13 de dezembro de 2015, na cidade de São Paulo. A convocação das plenárias estaduais – que serão realizadas no mês de novembro – ficará a cargo de cada coordenação estadual.

A 2ª Plenária Nacional – fórum instituído por nossa X Conferência, para ser realizada a cada dois anos – ocorre em uma conjuntura de fortes tensões políticas e impasses econômicos no mundo e no Brasil. A grande vitória da presidenta Dilma Roussef para um segundo mandato, após forte disputa político-eleitoral de 2014, significou a vitória do “campo da revolução democrática, derrotando o campo neoliberal em suas duas vias, a força do imperialismo e sua influência no brasil e a vantagem estrutural das forças conservadoras nos meios de comunicação de massa” (CNDS, Grande vitória, enormes desafios, 08/11/2014, disponível aqui http://goo.gl/XnvE5X ). O contexto que seguiu-se à grande vitória foi marcado por novas tensões, devido a adoção, pelo Governo Dilma, “de uma política econômica conservadora que agride os interesses dos setores sociais que foram os principais responsáveis por sua reeleição. Este grande erro – certamente o maior já cometido em toda a história do PT – combina-se com a ausência de uma resposta coerente à acusação diária e onipresente de que o governo Dilma é conivente com a corrupção e de que o PT é o maior organizador dos esquemas de corrupção no país” (GTn-DS, 10/08/2014).

A Democracia Socialista, nesse período, reforçou-se para ampliar sua atuação diante da aceleração do tempo político. O documento A mudança necessária (disponível aqui http://goo.gl/5H4NZJ ) e a mobilização em torno das posições ali defendidas; a intervenção comum no 5º Congresso do PT em torno de mudanças no partido, que reuniu 45% dos delegados e 35 parlamentares da bancada federal; a construção de uma dinâmica frentista de esquerda e dos movimentos sociais para fazer frente ao golpe e exigir uma mudança imediata na política econômica, com forte protagonismo da CUT, são todos movimentos em favor da retomada do programa legitimado pelas urnas em 2014.

É com o intuito de realizar um balanço e atualizar as tarefas do movimento pela implementação do programa vitorioso em outubro de 2014 que convocamos a 2ª Plenária Nacional da Democracia Socialista.

 PARTICIPAÇÃO

A 2ª Plenária Nacional da DS será antecedida por plenárias nos estados, no mês de novembro. A convocação dessas plenárias fica a cargo de cada coordenação estadual. Para a etapa nacional, as delegações estaduais serão formadas respeitando o critério de 1 delegado/a a cada 40 militantes com a cota nacional em dia.

Orientamos que as direções estaduais convidem, de acordo com as realidades locais, militantes não organizados na DS para debater conosco nessas etapas. Trata-se de um convite para o debate sobre as posições apresentadas em nosso texto-base e as tarefas que propomos.

Para votar e ser votado no processo da Plenária, cada militante da DS deverá participar do debate, comprometer-se com as deliberações democráticas e contribuir com a sustentação financeira da tendência, de acordo com as seguintes cotas anuais

Renda Mensal

Contribuição anual

Até 1,5 salários mínimos

R$ 60,00

De 1,5 a 5 salários mínimos

R$ 120,00

De 5 a 12 salários mínimos

R$ 250,00

Acima de 12 salários mínimos

R$ 400,00

Essa cotização é anual. Cumpre o papel de responsabilização da militância pela sustentação financeira da organização. Deve ser assumida de forma coletiva e solidária.

Cada militante preencherá uma ficha padrão (disponível aqui: http://goo.gl/forms/MFWGfAURet)  para atualizarmos o cadastro nacional da tendência. A quantidade de delegados/as de cada estado será conferida com o número de cadastros preenchidos e de cotizações pagas. Tais informações são de responsabilidade das coordenações estaduais.

A delegação estadual deverá cumprir as regras estabelecidas pelo Estatuto do PT, garantindo os critérios da paridade de gênero, de 20% de jovens e 20% étnico-racial. As cotas étnico-racial e de jovens serão aplicadas a delegações com mais de 3 (pois 20% de 3 é 0,6 que aproxima para 1)

Os observadores (militantes da DS e não delegados) e os/as convidados/as (não militantes da DS, mas com os quais mantemos relações políticas), devem ser indicados pelas instâncias da tendência.

As listas com as delegações estaduais devem ser enviadas até o dia 07 de dezembro de 2015.

 

SERVIÇO:

2ª Plenária Nacional da DS | 11 a 13 de dezembro de 2015 | Auditório do Sindicato dos Químicos de São Paulo (Rua Tamandaré, 348, Liberdade).

 

Programação:

sexta-feira (11/12) | 19h | ATO DE ABERTURA

sábado (12/12) | 9h | APRESENTAÇÃO E DEBATE DO TEXTO-BASE (disponível em http://goo.gl/1y0f5X)

domingo (13/12) | 9h | TAREFAS ORGANIZATIVAS DA DS E VOTAÇÃO DO TEXTO FINAL

13:00 – encerramento

 

Os custos com deslocamento, hospedagem e alimentação das delegações são responsabilidade de cada coordenação estadual.

O cupom para pagamento da cota nacional, de acordo com as faixas de contribuição está disponível neste endereçohttp://goo.gl/forms/MFWGfAURet.

São Paulo, ​24 de outubro de 2014

Coordenação Nacional da Democracia Socialista, tendência do PT

Veja também

Frentes e Comitê convidam para o ato “Justiça para Lula” dia 13 em SP

É esse o momento de manifestar o seu apoio ao ex-presidente Lula e reivindicar a justiça, liberdade e fortalecimento da democracia também para o povo brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook