Home / Conteúdos / Artigos / Depois de 18 anos, militante da DS é eleito vice-presidente da UNE

Depois de 18 anos, militante da DS é eleito vice-presidente da UNE

Tiago Ventura, estudante da Universidade Federal do Pará e militante da Democracia Socialista, foi eleito o novo vice-presidente da União Nacional dos Estudantes. Além dele, a DS terá na direção executiva da UNE, a baiana Joanna Paroli, estudante de Enfermagem da Universidade Católica de Salvador. A chapa que os elegeu teve 70% dos votos no 51º Congresso da UNE.

Tiago Ventura, 22 anos, estudante de Direito da Universidade Federal do Pará e militante da Democracia Socialista, foi eleito neste domingo (19) o novo vice-presidente da União Nacional dos Estudantes.

A última vez que um militante da DS havia ocupado o posto havia sido no biênio 1991/93, com Darlan Montenegro. Essa gestão foi foi marcada pelas grandes passeatas pelo Fora Collor que a UNE liderou em 1992.

Além de Tiago, a DS terá na direção executiva da UNE, a baiana Joanna Paroli, estudante de Enfermagem da Universidade Católica de Salvador. A definição das diretorias ainda não está concluída.

As teses que se referenciam no PT estiveram presentes em duas chapas, “Avançar nas Mudanças” e “MUDE” (Movimento UNE Democrática), que obtiveram 2018 e 354 votos respectivamente.

O novo presidente da entidade será Augusto Chagas, que foi presidente da UEE-SP por duas gestões e é militante da União da Juventude Socialista (UJS). Ele representa a chapa “Avançar nas Mudanças”, que teve 70% dos votos no congresso.

O 51º Congresso da UNE ocorreu entre os dias 15 e 19 de julho em Brasília e reuniu cerca de 3 mil delegados de todos os estados do país, sendo um dos mais representativos da história da entidade. Estiveram representados estudantes de 92% das instituições de ensino superior do país.

Entre as resoluções, destaca-se a de conjuntura, que aponta para a defesa do aprofundamento do projeto democrático e popular representado pelo governo Lula e, conseqüentemente, a derrota dos tucanos nas eleições de 2010. Na temática do movimento estudantil, foi aprovado por unanimidade a criação do Conselho Fiscal da UNE, que buscará dar mais transparência às contas da entidade.

A próxima diretoria da UNE tomará posse no próximo dia 11 de agosto, Dia do Estudante, e terá mandato até 2011.

Veja também

Com uma grande marcha, começa o Encontro de Montevidéu por Democracia e contra o Neoliberalismo.

Por Convergência de Comunicação dos Movimentos Sociais A principal Avenida de Montevidéu, capital uruguaia, foi …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook