Notícias
Home / Temas / Classes Trabalhadoras / Em defesa de direitos, milhares de trabalhadores estão em Brasília

Em defesa de direitos, milhares de trabalhadores estão em Brasília

Vindos de todas as regiões do país, milhares de trabalhadores e trabalhadoras se reúnem em Brasília em defesa de uma pauta comum por direitos e reconstrução do Brasil.

Foto: Divulgação CUT

Percorrendo distâncias de quase 1,1 mil quilômetros numa viagem de 12 horas de duração, trabalhadores, trabalhadoras, representantes da CUT, dos ramos e entidades sindicais saíram de diversas cidades do estado de São Paulo, como Guarulhos, Diadema, Presidente Prudente, Sorocaba, Osasco, Taubaté, São José dos Campos e capital. Esse é só um dos exemplos das milhares de pessoas que saíram de todas as regiões do país com um só objetivo: defender a pauta da classe trabalhadora, numa manifestação que será realizada nesta quarta-feira (22), em Brasília.

Confira a pauta de reivindicações da classe trabalhadora:

  • Pela reconstrução do estado do Rio Grande do Sul e por medidas de proteção e amparo a seus trabalhadores e trabalhadoras;
  • Educação: Revogação do Novo Ensino Médio;
  • Valorização do Serviço Público: Contra a PEC 32/Reforma Administrativa;
  • Em defesa da Convenção 151/defesa da negociação coletiva;
  • Trabalho decente: redução da jornada de trabalho e empregos decentes;
  • Salário igual para trabalho igual – Em defesa da lei de igualdade salarial entre homens e mulheres;
  • Reforma agrária e alimento no prato!
  • Menos impostos para trabalhadores: juros baixos e correção da tabela de imposto de renda;
  • Valorização do salário mínimo e das aposentadorias;
  • Transição justa e ecológica em defesa da vida;
  • Em defesa do PLC 12/24, por Direitos dos Motoristas por Aplicativos.
Foto: CUT-SP

Da região Nordeste, a CUT-RN e suas entidades filiadas percorrem mais quase 2,5 mil quilômetros numa viagem de mais de 31 horas de duração, com muita paciência em virtude de alguns percalços no caminho. De diversos pontos da capital Salvador, os baianos também se dirigiram a Brasília para defender os direitos da classe trabalhadora.

Foto: CUT-RN

A delegação cearense também já está na concentração, que está situada no estacionamento da Torre de TV e a antiga Funarte. Dentre outras delegações de Pernambuco, a do Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras em Educação do Município do Jaboatão dos Guararapes (SINPROJA), é uma das que foram defender uma das pautas da manifestação: a revogação do Novo Ensino Médio.

Foto: Reprodução

Do Rio de Janeiro, os representantes da educação também se unirão aos demais trabalhadores em defesa da revogação do Novo Ensino Médio e de outras pautas da classe trabalhadora. Além do pessoal da educação, outros ramos e entidades se juntaram na viagem de ônibus de quase 16 horas de duração. De Maringá, no Paraná, saíram os motoristas, cobradores e trabalhadores em empresas de transportes coletivos.

Foto: Reprodução

Do Mato Grosso do Sul, os trabalhadores levam como uma das suas principais bandeiras a redução de jornada de 44 horas para 40 horas semanais. São esperadas ainda mais delegações de todas as regiões do país, de diversas atividades, com a estimativa de milhares de trabalhadores e trabalhadoras que participarão da manifestação.

Via CUT.

Veja também

Site do Sistema Municipal de Inovação é lançado em Juiz de Fora

A segunda reunião do Sistema Municipal de Inovação de Juiz de Fora foi marcada pelo …

Comente com o Facebook