Home / Conteúdos / Notícias / Fundação Perseu Abramo abre inscrição para novas turmas de mestrado

Fundação Perseu Abramo abre inscrição para novas turmas de mestrado

2717862Estão abertas até 28 de setembro as inscrições do  processo seletivo para o curso de mestradoEstado, Governo e Políticas Públicas, realizado em parceria pela Fundação Perseu Abramo (FPA)  e a Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso Brasil). Serão formadas duas novas turmas na cidade de São Paulo/SP, com finalidade de preencher até 40  (quarenta) vagas em cada uma, por ordem de classificação dos aprovados. Haverá prioridade para aqueles que não tenham mestrado e/ou doutorado. Acesse aqui o edital na íntegra.

O mestrado oferece formação específica na área de gestão de políticas públicas a gestores públicos, servidores de carreira, militantes de movimentos sociais, gestores de entidades da sociedade civil e profissionais atuantes na área de políticas sociais que não possuam pós-graduação na área. O programa tem prazo total para conclusão de 24 (vinte e quatro) meses. As aulas são presenciais e ocorrem todo mês, às sextas-feiras, sábados e domingos, no horário das 8h às 18h, na cidade de São Paulo, com calendário divulgado no início das aulas.

As inscrições para o processo seletivo serão realizadas entre 1º de setembro e 28 de setembro de 2016 por meio de dois procedimentos. O primeiro é relativo ao preenchimento de ficha de inscrição no site da Fundação Perseu Abramo (http://www.fpabramo.org.br/mestrado/). O segundo procedimento corresponde ao envio de toda a documentação completa por meio eletrônico para o e-mail selecao.cursos@fpabramo.org.br ou envio de cópia de documentação por Correio para o endereço FUNDAÇÃO PERSEU ABRAMO – Mestrado, R. Francisco Cruz n. 234, Vila Mariana, CEP: 04117-091, São Paulo/SP.

Veja também

Manifesto Fora Bolsonaro é lançado e já tem mais de 7 mil assinaturas

Dirigentes partidários e militantes do Partido dos Trabalhadores lançaram em plenária virtual o manifesto "Em defesa da vida, Fora Bolsonaro". O documento defende um fim democrático ao governo Bolsonaro, com substituição por uma alternativa democrática e popular capaz de aplicar um programa de reconstrução nacional que rompa com o neoliberalismo. Em menos de 24 horas o manifesto já alcançou mais de 7 mil assinaturas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook