Home / Conteúdos / Artigos / Fundação Perseu Abramo promove debate sobre Reforma Política e Cidadania

Fundação Perseu Abramo promove debate sobre Reforma Política e Cidadania

A Fundação Perseu Abramo promove nos dias 15 e 16 de dezembro seminário sobre reforma política para debater temas como fortalecimento das instituições democráticas, aprimoramento das formas de representação social e participação popular, transparência na política, combate à corrupção, financiamento de campanhas e organização eleitoral e partidária.

Evento faz parte da programação dos 10 anos da Fundação Perseu Abramo e acontece em São Paulo nos dias 15 e 16 de dezembro.

A reforma política entrou na pauta do país e tem sido objeto da atenção do governo, dos parlamentos, de intelectuais e organizações representativas da sociedade civil. A necessidade de reorganização do sistema político e de aperfeiçoamento da democracia brasileira são apenas dois dos aspectos mais importantes do cenário político brasileiro que apontam a necessidade de uma reforma política urgente.

A Fundação Perseu Abramo, ao comemorar 10 anos de existência, promove o seminário Reforma política e cidadania para contribuir para que o alcance social do debate seja ampliado e para que a participação dos mais variados segmentos sociais seja fortalecida visando tornar a reforma política uma prioridade da sociedade brasileira.

Nos dois dias do seminário serão tratados temas como o fortalecimento das instituições democráticas, o aprimoramento das formas de representação social e participação popular, a transparência na política, o combate à corrupção, o financiamento de campanhas, e a organização eleitoral e partidária.

Estão confirmadas as presenças dos seguintes debatedores: Marco Aurélio Garcia, presidente do PT, Aldo Rebelo, presidente da Câmara dos Deputados, Dalmo Dallari, jurista, Tarso Genro, ministro de Relações Institucionais da Presidência da República, Pedro Wilson, deputado eleito (PT/GO), Jairo Nicolau, cientista político, Valter Pomar, secretário de Relações Internacionais do PT, Lawrence Pih, empresário, Luiza Erundina, deputada federal (PSB/SP), Luciano Pereira dos Santos, coordenador do Movimento Pró Reforma Política com Participação Popular, Maria Victória Benevides, socióloga, Gustavo Petta, presidente da UNE, Artur Henrique da Silva Santos, presidente nacional da CUT, Luiz Alberto Gomez de Souza, sociólogo.

Os interessados podem se inscrever pela internet ou pelo telefone 5571.4299.

Serviço
Seminário Reforma política e cidadania
Data: 15 e 16/12/2006
Local: Faculdades Associadas de São Paulo (FASP) – Av. Paulista, 2000 – 11° andar – São Paulo – SP

Informações e inscrições pela internet e pelo telefone: 11 – 5571.4299.

PROGRAMAÇÃO

Dia 15 de dezembro, sexta-feira

9h00 – Mesa 1: Atualidade da Reforma Política

* Aldo Rebelo, presidente da Câmara dos Deputados
* Dalmo Dallari, jurista
* Luiz Dulci – ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República
* Marco Aurélio Garcia, presidente do PT

Coordenação: Hamilton Pereira

14h00 – Mesa 2: Sistema eleitoral

* Jairo Nicolau, cientista político
* Pedro Wilson, deputado eleito – PT/GO
* Tarso Genro, ministro de Relações Institucionais da Presidência da República
* Valter Pomar, secretário de Relações Internacionais do PT

Coordenação: Rubens Otoni
16 de dezembro, sábado

9h00 – Mesa 3: Financiamento público

* José de Filippi, prefeito municipal de Diadema/SP
* Lawrence Pih, empresário
* Luciano Pereira dos Santos, coordenador do Movimento Pró Reforma Política com Participação Popular
* Luiza Erundina, deputada federal (PSB/SP)

Coordenação: Selma Rocha

14h00 – Mesa 4: Democratização do parlamento e participação social

* Artur Henrique da Silva Santos, presidente nacional da CUT
* Gustavo Petta, presidente da UNE
* Jaques Wagner, governador eleito da Bahia
* Luiz Alberto Gomez de Souza, sociólogo
* Maria Victória Benevides, socióloga

Coordenação: Flávio Jorge

O seminário será transmitido ao vivo pela Agência Maior na internet – www.cartamaior.com.br

Veja também

Luizianne Lins: Não Verás País Nenhum!

Luizianne Lins Peço emprestado o título da obra de Ignácio de Loyola Brandão porque é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook