Home / Conteúdos / Notícias / Governo espanhol ordena detenção de participantes dos “esculachos”

Governo espanhol ordena detenção de participantes dos “esculachos”

544914Do site naiz.info, com tradução de Iuri Farias Codas

A Secretária de Estado de Segurança do país fez chegar às delegacias de polícia, por meio da Diretoria Adjunta Operativa da Polícia espanhola, uma Instrução que ordena indentificar e deter quem participe de atos de hostilização a políticos, um fenômeno conhecido como esculacho.

Leia também: Espanhóis aderem ao esculacho para protestar contra despejos 

“Contra aqueles que executem atos de hostilização e assédio a membros de Partidos Políticos, sedes de partidos etc. O procedimento será em primeiro lugar identicar para sanção àqueles que participem nesses atos, sob a Lei de Segurança Pública ou, caso se trate de atos constitutivos de delito, se procederá a detenção destas pessoas conforme a legislação vigente”, diz a Instrução.

Nessa mesma nota de apenas um parágrafo e assinada pela Diretoria Adjunta Operativa dirigida por Eugenio Pino “se pede a máxima divulgação” da norma.

Este movimento da Secretaria de Estado espanhol foi feito depois de atos de assédio a diversos dirigentes políticos levados a cabo nos últimos dias por representantes da Plataforma Afetados pela Hipoteca (PAH), que tem sido vítima de uma imensa campanha de criminalização.

 

Veja também

VI Conferência da CSD | Derrotar o governo Bolsonaro e construir o sindicalismo do futuro

A Coordenação Nacional da CSD – CUT Socialista e Democrática, corrente de militantes sindicais, orgânica à CUT – Central Única dos Trabalhadores, convoca toda sua militância a engajar-se no processo de reflexão e debate da VI Conferência Nacional da CSD que acontecerá nos dias 13 a 15 de setembro de 2019, após a realização das respectivas conferências estaduais e debates setoriais e dos ramos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook