Home / Conteúdos / Artigos / ‘Impacto da crise no Brasil é brutal’

‘Impacto da crise no Brasil é brutal’

Quase meio ano após a eclosão da crise financeira mundial, o Brasil sente o baque. Demissões, falta de crédito na praça, desconfiança. O impacto da crise no país é “brutal”, na avaliação do economista Paul Singer.

– O grau de redução da atividade econômica é muito maior lá fora. Não obstante, de um ponto de vista não comparativo, a partir do Brasil mesmo, o impacto está sendo brutal.

Leia a entrevista no Terra Magazine

Veja também

A ditadura neoliberal e os caminhos para vencê-la | Juarez Guimarães

Em seu momento de menor legitimação e dificuldade de coordenação, a coalizão golpista trilha claramente o caminho da violência judicial contra Lula e, agora, militariza seus movimentos e instituições. O desafio em 2018 é produzir uma alternativa democrática, com unidade, força popular e capacidade política de vencer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook