Home / Temas / Juventude / Juventude em formação para as lutas que virão!

Juventude em formação para as lutas que virão!

Os tempos difíceis que enfrentamos exigem uma organização forte, militante e coesa que se disponha a engrossar as fileiras da luta contra o neoliberalismo radical e sua forma autoritária que busca se instalar no Brasil. Frente a esse diagnóstico – e em cumprimento às deliberações do Ativo da Juventude da DS realizado em maio de 2018 – realizou a Juventude da DS entre os dias 8 e 13 de janeiro de 2019, sua Escola Nacional de Formação de Quadros em Guararema/SP, na Escola Nacional Florestan Fernandes – MST.

Durante toda a semana, mais de 50 jovens dirigentes do movimento de mulheres, do movimento negro, do movimento estudantil e do Partido dos Trabalhadores de todo o país participaram de momentos formativos sobre os fundamentos da análise marxista; a dinâmica do capitalismo; as teses de Lênin, Rosa Luxemburgo e Trotsky; gênero, raça e classe; América Latina; Formação Social Brasileira; e sobre as teses e a história da Democracia Socialista.

Ao longo dos seus 40 anos, foi a firmeza de suas convicções políticas e a capacidade de intervir na conjuntura a partir delas que fizeram a Democracia Socialista permanecer uma corrente das mais relevantes no Partido dos Trabalhadores e na esquerda brasileira. A Escola de Formação de Quadros da Juventude da DS é símbolo da compreensão da importância da formação militante para as disputas que virão. Construir bases sólidas de formação que possibilitem análises de conjuntura cada vez mais precisas, a construção de pautas cada vez mais potentes e uma organização cada vez mais consciente da herança da militância trabalhadora forjada ao longo da história e sintonizada com as demandas populares contemporâneas é o desafio que a juventude da DS se dispôs a enfrentar. Vida longa à Democracia Socialista e à sua juventude!

GT de Formação da Coordenação Nacional da Juventude da DS

Veja também

Jornal Em Tempo digitalizado está disponível na base de dados do CSBH

Periódico, que circulou de forma impressa de 1977 até 2004, é uma preciosa ferramenta para quem quer conhecer a história da esquerda brasileira nas últimas quatro décadas. Projeto inovador e democrático, o jornal Em Tempo participou da formação de toda uma geração de combatentes socialistas.

Comente com o Facebook