Home / Conteúdos / Artigos / Luiz Pilla Vares (1940-2008)

Luiz Pilla Vares (1940-2008)

É com pesar que comunicamos o falecimento do companheiro e amigo, jornalista Luiz Pilla Vares. A solenidade de despedida será no Crematório Metropolitano Porto Alegre – Av. Prof. Oscar Pereira, 584 – Azenha – a partir do início da tarde e a cremação ocorrerá às 21h.

História política

Pilla Vares era jornalista, bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais e um estudioso de Política e Filosofia. Mas, acima de tudo, como ele próprio se definia, um militante. Socialista e marxista desde o início dos anos 60, começou militando no Partido Comunista Brasileiro, mas logo aderiu às posições de Leon Trotsky e Rosa Luxemburgo, ingressando primeiro no Partido Operário Revolucionário (POR) e depois na POLOP (Política Operária). Foi, juntamente com Erich Sachs, Emir e Eder Sader, Marco Aurélio Garcia, Flávio Koutzii, Raul Pont e outros um dos fundadores do POC (Partido Operário Comunista). Ingressou no PT (Partido dos Trabalhadores) e se tornou presidente municipal do Partido em Porto Alegre. Ligado à área cultural, foi Secretário de Cultura de Porto Alegre nas gestões dos Prefeitos Olívio Dutra e Tarso Genro e Secretário de Estado da Cultura no Governo Olívio Dutra. Também assessorou os prefeitos de Porto Alegre Raul Pont e João Verle.

Informações: Gab. Vereadora Sofia Cavedon

Veja também

A dupla motivação no Ceará: milícias e eleições | Jordana Dias

O movimento político e criminoso das associações militares com suas lideranças parlamentares bolsonaristas parece ter dupla motivação: uma de caráter mais nacional que envolve a organização das milícias no estado (aos moldes do que ocorre na Bahia); e outra de ordem mais eleitoral local, numa tentativa de desestruturar os governos municipais e estadual de aliança do PT e PDT no estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook