Notícias
Home / Temas / Feminismo / Marcha Mundial das Mulheres rumo à Jornada Latino-Americana de Integração dos Povos

Marcha Mundial das Mulheres rumo à Jornada Latino-Americana de Integração dos Povos

Encontro acontece em Foz do Iguaçu, Paraná, a partir de 22 de fevereiro.

A Jornada Latino-americana e Caribenha de Integração dos Povos será realizada de 22 a 24 de fevereiro de 2024, em Foz do Iguaçu, no Paraná. Mais de 80 militantes da Marcha Mundial das Mulheres do Brasil estarão presentes no encontro, levando nosso feminismo para mudar o mundo e a vida das mulheres em um só movimento. Companheiras da MMM do Chile, Estados Unidos, Peru e Venezuela também já confirmaram presença. 

A Jornada é um encontro de movimentos sociais populares, lideranças políticas, acadêmicas e intelectuais, parlamentares e representantes governamentais para continuar no caminho da construção da integração e da soberania dos povos da América Latina e do Caribe. Cerca de 2 mil pessoas, de mais de 15 países, já estavam inscritas até a quinta-feira, 15 de fevereiro.

A jornada é resultado da ação coordenada de diferentes espaços de articulação que a Marcha Mundial das Mulheres constroi, como a Alba Movimentos, a Assembleia Internacional dos Povos (AIP), a Jornada Continental pela Democracia e Contra o Neoliberalismo, em parceria com a Confederação Sindical de Trabalhadores/as das Américas (CSA) e a Organização Continental Latino-americana e Caribenha de Estudantes (Oclae), entre outros.

Na América Latina e no Caribe, projetos ultraliberais e fascistas são impostos com um discurso de ódio contrário aos direitos dos povos e alinhado aos interesses imperiais, que tentam controlar nossas riquezas naturais. Diante desse cenário, afirmamos que somos um território de esperança, alegria e futuro, com civilizações ancestrais e povos que lutaram e continuam lutando por dignidade e direitos e pelo socialismo.

Reafirmando a defesa da democracia, da soberania, dos direitos dos povos, do anti-imperialismo, do anticolonialismo, do respeito à diversidade, do antirracismo, do feminismo popular e da luta pela paz, nós da MMM estaremos em Foz do Iguaçu para compartilhar a visão sobre o presente e o futuro da integração e da soberania do nosso continente e celebrar nossa solidariedade com os povos que vivem a ameaça imperialista, como Cuba, Venezuela e Palestina.

Toda a programação do encontro ocorrerá no Centro de Convenções de Foz do Iguaçu (CECONFI), na rua Jardim Alegre esq rodovida das Cataratas – Foz do Iguaçu (Rod. BR-469, Km 13).

Confira a programação da Jornada Latinoamericana pela Integração dos Povos:

22 de fevereiro 

Lugar: Centro de Convenções de Foz do Iguaçu (CECONFI), na rua Jardim Alegre esq Av das Cataratas – Foz do Iguaçu

9h – Mística e Ato de Abertura

10h – CONFERÊNCIA: “Crise Sistêmica do Capitalismo e as Ameaças para a Paz e a Soberania dos Povos” (Transmissão ao vivo)

12h – Almoço

14h às 17h30 – Mesas de trabalho simultâneas:

Mesa 1 – O avanço da extrema direita e as ameaças à democracia

Mesa 2 – A crise do capital, do neoliberalismo e ataques à justiça ambiental (direito à água, energia, terra e alimentos)

Mesa 3 – Ofensiva aos direitos sociais: precariedade e destruição do trabalho, privatização da educação e da saúde

Mesa 4 – Hegemonia cultural do capital e crise de valores

18h – Ato de solidariedade com a Palestina

19h – Janta

20h às 23h – Jornada político-cultural de Solidariedade. Cuba Vive e Resiste!

23 de fevereiro 

Lugar: Centro de Convenções de Foz do Iguaçu (CECONFI), na rua Jardim Alegre esq Av das Cataratas – Foz do Iguaçu

8h – Mistica

9h – CONFERÊNCIA: “Desafios da integração latino-americana e caribenha (diálogo com partidos políticos, parlamentos, governos e movimentos)”

11h às 13h: Mesas de trabalho simultâneas:

Mesa 1 – Democracia, soberania e integração

Mesa 2 – Direitos de unir os nossos povos: educação, soberania alimentar, saúde e energia para a integração

Mesa 3 – Trabalho digno como centro de um novo modelo de desenvolvimento. Produção, cooperação e comércio justo para a soberania

Mesa 4 – Hegemonia cultural do capital e crise de valores

13h às 14h30: Almoço

15h às 18h: Plenária final e leitura do documento final

18h: Janta

19h30 às 21h30: Ato Político com autoridades (Transmissão ao vivo)

21h30 às 23h: Encerramento. Festival cultural

24 de fevereiro 

Reuniões e retorno de delegações


Reunião da delegação da MMM

Como a maior parte das militantes da MMM chegará a Foz do Iguaçu na madrugada do dia 22 de fevereiro, realizaremos uma reunião de todas as delegadas da MMM presentes (do Brasil e de outros países) na hora do almoço do dia 22, das 12h às 14h, também no Centro de Convenções (local exato a ser divulgado em breve).

Via Marcha Mundial das Mulheres.

Veja também

Paineis reúnem especialistas para explicar avanço da extrema-direita no mundo | Henrique Nunes

Iniciativa do Centro de Análise da Sociedade Brasileira da FPA, o CASB, terá quatro mesas …

Comente com o Facebook