Home / Conteúdos / Notícias / Moção do Conselho Curador da EBC em apoio ao Marco Civil da Internet

Moção do Conselho Curador da EBC em apoio ao Marco Civil da Internet

1103756O Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) divulgou uma moção de apoio à aprovação do projeto de Lei do Marco Civil da Internet (PL 2126/11), que tramita em regime de urgência na Câmara. O prazo vence na segunda-feira (28) e a expectativa é de que seja levado à votação.

Leia abaixo a íntegra da moção, que foi encaminhada aos parlamentares

O Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação, em sua 47ª Reunião Ordinária, realizada em 15 de outubro de 2013, aprovou uma moção de apoio a aprovação do projeto de Lei do Marco Civil da Internet (PL 2126/11), que tem previsão de ser votado no plenário da Câmara dos Deputados.

O Conselho Curador entende que o projeto foi construído de modo democrático, através de consulta do Estado à sociedade brasileira, e pode assegurar neutralidade, liberdade e privacidade na internet, contribuindo para preservar dados brasileiros contra a espionagem e também para assegurar iguais condições de acesso e navegação a todos e todas internautas no país.

No entanto, movimentos sociais que lutam pelo Marco Civil da Internet divulgaram nota pública contra o conteúdo do parágrafo 2, no artigo 15, do referido Projeto de Lei, que permite a remoção de conteúdos sem ordem judicial.  Os movimentos avaliam, que este parágrafo vai contra a liberdade na internet.

Por isso, o Conselho Curador da EBC aprova esta moção de apoio à democratização do setor e à aprovação do Marco Civil da Internet sem qualquer dispositivo que permita a prévia censura de conteúdos sem o aval da Justiça.

 

Veja também

Manifesto Fora Bolsonaro é lançado e já tem mais de 7 mil assinaturas

Dirigentes partidários e militantes do Partido dos Trabalhadores lançaram em plenária virtual o manifesto "Em defesa da vida, Fora Bolsonaro". O documento defende um fim democrático ao governo Bolsonaro, com substituição por uma alternativa democrática e popular capaz de aplicar um programa de reconstrução nacional que rompa com o neoliberalismo. Em menos de 24 horas o manifesto já alcançou mais de 7 mil assinaturas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook