Home / Conteúdos / Notícias / Nota de pesar pela morte do sociólogo Chico de Oliveira | CEN PT

Nota de pesar pela morte do sociólogo Chico de Oliveira | CEN PT

O intelectual participou da fundação do PT na construção do programa do partido, que agradece a grande contribuição e manifesta sentimentos aos seus familiares e amigos.

Morreu hoje em São Paulo aos 86 anos Francisco Maria Cavalcanti de Oliveira, mais conhecido como Chico de Oliveira. Pernambucano de Recife, trabalhou na Sudene com Celso Furtado e assim como ele foi perseguido pela ditadura. Durante muitos anos deu aula na FFLCH/ USP. É reconhecido como um dos grandes pensadores do Brasil.

Chico de Oliveira participou da fundação do PT, junto a uma geração brilhante de intelectuais. Durante um bom tempo contribuiu para a construção do programa do PT.

Destacou-se pela capacidade crítica, por um marxismo inquieto, voltado a interpretar e mudar a realidade brasileira. Sua grande obra Crítica à Razão Dualista ainda serve de referência para compreender os grandes marcos de análise do desenvolvimento do capitalismo no Brasil. Contrapondo aos que defendiam o desenvolvimento como modernização e aos que separavam desenvolvimento na periferia de superação do capitalismo, Chico nos honrou com seu esforço de tornar o socialismo um horizonte menos longínquo.

Chico foi também crítico ao PT, do qual se desfiliou em 2003. Nunca foi, no entanto, adversário. Marchava por caminho diferente, mas em busca de um horizonte comum.

Em nome do PT reconhecemos e agradecemos sua grande contribuição ao partido.

Aos seus familiares, amigos e amigas, manifestamos nossos profundos sentimentos.

Chico de Oliveira Presente!

Comissão Executiva Nacional do PT

Veja também

Salve Cícero Lourenço, aqueles ainda tratados como sem cidadania te saúdam para sempre

"Salve Cícero Lourenço. Os alagoanos ainda tratados como sem cidadania te saúdam", homenagem do Repórter Nordeste ao companheiro Cícero Lourenço, liderança sindical.

Comente com o Facebook