Home / Conteúdos / Notícias / Nota de pesar pelo falecimento do companheiro e ex-prefeito de Porto Alegre João Verle

Nota de pesar pelo falecimento do companheiro e ex-prefeito de Porto Alegre João Verle

2613299O Partido dos Trabalhadores do Rio Grande do Sul, sua direção e filiados, comunicam com grande pesar o falecimento do companheiro e ex-prefeito de Porto Alegre João Acir Verle.

INFORMAÇÕES: – O velório será no Cemitério Jardim da Paz (Estr. João de Oliveira Remião, 1347 – Agronomia, Porto Alegre), a partir do final da manhã de domingo (8/11). O enterro está marcado para segunda-feira (9/11), pela manhã.

Um pouco da sua trajetória de homem público

João Acir Verle nasceu em Caçador/SC , 29 de novembro de 1939. Mas foi em Porto Alegre que marcou sua história como professor, economista, funcionário do Tribunal de Contas do Estado e como homem da política.

Verle ingressou no Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul por meio de processo de seleção no qual ficou em primeiro lugar. Verle lecionou diversas disciplinas na área de Economia na Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Unisinos –, onde coordenou o Departamento de Economia e dirigiu a Faculdade de Economia. Também participou da fundação da sua associação de docentes (Adunisinos).

Militou nas entidades da categoria dos economistas, sendo vice-presidente da Sociedade de Economia do Rio Grande do Sul e presidente do Sindicato e do Conselho Regional de Economia da 4ª Região.

João Acir Verle ajudou a construir o Partido dos Trabalhadores – PT – e, ao longo dos anos, integrou por várias ocasiões a direção dos diretórios municipal e estadual do Partido. Foi candidato a vice-governador em 1986, e, na eleição de 1988, obteve a primeira suplência da bancada de vereadores da Câmara Municipal de Porto Alegre, vindo a assumir a titularidade em 1991, por seu partido, o PT.

Indicado pelo prefeito Olívio Dutra, ocupou a Secretaria da Fazenda do Município, cargo que deixou em abril de 1992 para candidatar-se a mais um mandato na Câmara, onde reelegeu-se vereador da Capital. Em 1996, foi novamente eleito para a Câmara, de onde se afastou para assumir, no ano seguinte, a Direção-Geral do Departamento Municipal de Habitação – Demhab –, cargo que ocupou até o final de 1998.

Durante o governo estadual de Olívio Dutra, João Verle assumiu a presidência do Banco do Estado do Rio Grande do Sul.

Em maio de 2000, renunciou para disputar a Prefeitura de Porto Alegre como vice-prefeito. Eleito em 4 de abril de 2002, com a renúncia do prefeito Tarso Genro, assumiu a Prefeitura Municipal, onde exerceu o cargo por 33 meses, até o final do mandato.

foto arquivo Jornal do Comércio

Veja também

Frentes e Comitê convidam para o ato “Justiça para Lula” dia 13 em SP

É esse o momento de manifestar o seu apoio ao ex-presidente Lula e reivindicar a justiça, liberdade e fortalecimento da democracia também para o povo brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook