Em destaque

FSM indica agenda de lutas na América Latina

Movimentos sociais estabelecem calendário comum para 2005.   A organização das esquerdas para a luta contra o neoliberalismo na América Latina passa por desafios como a construção de novas relações entre movimentos e partidos políticos e a redefinição de estratégia frente à institucionalidade estatal. Um dos dilemas vividos é que …

Leia mais »

Luta pelo direito ao aborto exige mobilização

Pauta está no 8 de março, que lança Carta para a Humanidade. O direito ao aborto voltou à agenda pública a partir do texto aprovado na I Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, que recomenda sua descriminalização e legalização, e garantia do atendimento pelos serviços públicos. Nos últimos anos, …

Leia mais »

Para um balanço do partido e do governo

Sem a esquerda cumprindo seu papel, PT se torna caudatário do Planalto. Arlete Sampaio*   Há 25 anos, fundamos o PT: uma experiência nova, que se construiu a partir da nossa visão crítica do papel dos partidos tradicionais da esquerda – partidos comunistas e sociais-democratas. Profundamente democrático, plural em suas …

Leia mais »

Reforma agrária sob ameaça

Reforma agrária sob risco Ameaça. Bom resultado de 2004 pode não se repetir devido à tesoura da área econômica.   Os números da reforma agrária em 2004 demonstram empenho do governo na obtenção de terras e promoção de assentamentos até agora. No ano passado, foram assentadas pelo Incra 81,2 mil …

Leia mais »

Outras notícias e Artigos

maio, 2019

  • 14 maio

    #15M: Greve nacional da educação deverá ser a maior de todos os tempos

    Para dirigentes sindicais do ramo da educação a mobilização extrapolou as categorias e contagiou estudantes e toda a sociedade. Essa ampla unidade em defesa da educação fortalece a luta dos trabalhadores em defesa dos seus direitos ameaçados pela Reforma da Previdência.

    Leia mais »
  • 14 maio

    A política anti-ambiental de Bolsonaro | Álvaro Alencar

    Por trás das aparentes políticas de conotação ideológica, os discursos ideológicos rasteiros contra minorias, ecologistas, índios, quilombolas, professores vagabundos, existe um interesse e uma determinação absolutamente capitalista: a mercantilização do mundo natural, visto apenas como reserva de valor e fonte de renda. A lógica da exploração dos humanos e da natureza para acelerar o ciclo de produção capitalista e rentabilizar o tempo: expandir, explorar, consumir.

    Leia mais »
  • 14 maio

    Margarida: cortes nas universidades ameaçam geração de emprego

    Deputada ressalta a importância que instituições têm para a economia de municípios menores. Parlamentares recriaram Frente pela Valorização das Universidades Federais.

    Leia mais »