Home / Conteúdos / Artigos / Bush diz que agora tem uma ‘Agenda Social'(!) para América Latina

Bush diz que agora tem uma ‘Agenda Social'(!) para América Latina

A advogada venezuelana-estadosunidense Eva Golinger mostra a falsidade por trás da ‘agenda social’ com que o governo Busch anuncia sua intenção de retomar a iniciativa política na América Latina. Também em resposta ao desafio da revolução cubana de 1959 (e ao não conseguir derrubá-la) o governo yankee da época (J.F.Kennedy) lançou a ‘Aliança para o progresso’ com promessas sociais (incluindo fazer a ‘reforma agrária’) que não foi senão um complemento da estratégia imperialista de responder as lutas populares daquele período com a instalação de ditaduras militares por todo o continente.

Leia o artigo na página de INPRECOR América Latina (em espanhol)

Veja também

Por que os bancos querem a capitalização da previdência. E por que o Brasil deve rejeitá-la | Juberlei Bacelo

Na proposta do governo Bolsonaro para a previdência há uma espécie exótica que ameaça o futuro dos trabalhadores e do próprio Estado brasileiro: o sistema de capitalização. Mesmo que não tenha sido mantida pelo relator da reforma, a capitalização é um sonho do qual o Ministro Paulo Guedes não pretende abrir mão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook