Home / Conteúdos / Notícias / Dirigente da Frente Guasú é assassinado no Paraguai

Dirigente da Frente Guasú é assassinado no Paraguai

948798Por Iuri Faria Codas

Sa semana em que o Colorado Horácio Cartes assumiu a presidência do Paraguai, o militante Lorenzo Areco foi assassinado a tiros quando se dirigia à sede da Organização Camponesa Regional de Concepção (OCRC), da qual era secretário de Terra e Reforma Agrária, no distrito de Yby Yau. Areco era conhecido por sua participação na luta dos camponeses e sem-terra e era ligado à Frente Guasú, que acusou como responsável a “máfia narco-política” que domina a região.

Esse já é o terceiro assassinato de um militante social no departamento de Concepção desde o golpe parlamentar de 2012 e a 131ª execução de um camponês desde a redemocratização em 1989.

Veja também

Mulheres negras contra o racismo, a violência e pelo bem viver | Geyse Silva, Ana Carolina Dartora, Moara Saboia, Márcia Fernandes e e Dandara Tonantzin

Militantes da Democracia Socialista relatam participação no Encontro Nacional de Mulheres Negras (ENMN) 30 anos, que aconteceu no último final de semana (6 a 9/12), em Goiânia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook