Notícias
Home / Conteúdos / Artigos / Nota de Solidariedade a Vereadora Brisa Bracchi | Coletivo CORES

Nota de Solidariedade a Vereadora Brisa Bracchi | Coletivo CORES

Com grande consternação e repúdio, o Coletivo Revolucionário e Socialista LGBTI+ (CORES), vem manifestar solidariedade à vereadora Brisa Bracchi (PT/Natal-RN) diante dos recentes atos de machismo, misoginia e preconceito direcionados à parlamentar e ao partido, por defenderem as pautas da liberdade sexual e diversidade de gênero. É nosso dever não apenas repudiar tais atos, mas também, manifestar nosso apoio incondicional à luta séria na construção de uma sociedade mais justa e igualitária para todas, todos e todes!

Foto: Luana Tayze

Lamentamos ainda, o fato de tais atitudes terem partido de um ex-vereador, o qual não se conforma com os resultados eleitorais. Com isso, profere desrespeito não apenas contra a vereadora, mas atingindo toda a população com seu discurso misógino e palavras de baixo calão.

A luta pela igualdade não é apenas uma causa, mas um compromisso coletivo para a construção de um ambiente onde todas as vozes sejam ouvidas e todos os direitos sejam respeitados. Reconhecemos os esforços incansáveis da vereadora Brisa ao pautar discussões importantes. Suas pautas e ações em defesa da liberdade sexual e da diversidade de gênero, são fundamentais á consolidação de uma sociedade inclusiva, na qual cada indivíduo possa viver com dignidade, igualdade e respeito.

Reiteramos nosso apoio irrestrito e estamos ao seu lado para enfrentar quaisquer desafios que possam surgir!

Condenamos quaisquer atos de machismo, misoginia e preconceito. Esperamos que as devidas providências sejam tomadas, afim de garantir que tais comportamentos não se repitam em nosso cenário político e social.

Coordenação Nacional do Coletivo Revolucionário e Socialista LGBTI – CORES
Secretaria Nacional LGBT do PT.

Veja também

Rio Grande do Sul: do político ao social | Luiz Marques

Imaginação ao poder Hoje, no turbilhão totalitário do neoliberalismo que eclipsou as mobilizações e sacramentou …

Comente com o Facebook