Home / Conteúdos / Artigos / O Segundo erro histórico dos sindicalistas do PC do B

O Segundo erro histórico dos sindicalistas do PC do B

A nova fase na construção do sindicalismo cutista e as tarefas da CSD

ROSANE DA SILVA, DARY BECK FILHO E MILTON CANUTO
membros da Executiva nacional da CUT

20/10/2007. A resolução recentemente adotada pelos sindicalistas do PCdoB de romper com a CUT é um erro histórico. Esse partido já tinha cometido outro erro de igual monta e sentido inverso antes, quando em 1983 se recusou a fundar a CUT, mantendo uma aliança com o sindicalismo pelego e atrelado. Então erraram por apostar na unidade com setores reacionários com os quais não era possível ter nenhuma identidade política; agora erram por atacar a unidade arduamente construída entre os setores sindicais progressistas e de esquerda num momento histórico crucial para a classe trabalhadora.

Clique aqui e acesso a íntegra do artigo no site da CSD

Veja também

O que fazer? Construir e defender nosso modelo de relações de trabalho | Antônio Vicente e Miguel Rossetto

Entre as iniciativas do governo, o fim da política de valorização do salário mínimo, a apresentação da MP 881, convertida na chamada Lei da Liberdade Econômica e a MP 905, de novembro de 2019, anunciada cinicamente como um programa de emprego “verde e amarelo”, são em realidade textos de destruição de direitos trabalhistas, de limitação na fiscalização do trabalho e restrições as atividades do MPT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook