Home / Conteúdos / Notícias / Encontro da Arte e da Política – Exposição Guerra e Paz de Cândido Portinari

Encontro da Arte e da Política – Exposição Guerra e Paz de Cândido Portinari

236428“A mensagem do artista é singela, mas poderosa: transformar aflições em esperança, guerra em paz”

Presidente Lula em discurso a ONU

 

Por Gabriel Medina, publicado originalmente em seu blog

Na sexta-feira (18) tive a sorte e o privilégio de ver a exposição Guerra e Paz, de Cândido Portinari, no Memorial da América Latina, junto com a delegação que acompanhava a presidenta Dilma e o ex-presidente Lula, além de Fernando Haddad, Aloizio Mercadante e Gilberto Carvalho.

A exposição tem várias obras do Portinari, mas o principal são os dois painéis, que medem 14x10m. Entre eles foi colocado um telão onde são projetadas as figuras das obras, intercalados com as imagens dos esboços. Ao fundo toca a poesia de Fernando Brant musicada por Milton Nascimento.

http://www.youtube.com/watch?v=bVXhcRg5nG0

A imagem toda é absolutamente monumental e transmite uma emoção única. Isso é a arte!

Os painéis foram pintados entre 1952 e 1956. Em 1957 foram doados a ONU, em Nova York, e desde então ficam em local restrito, acessível apenas às delegações oficiais.

Em 2007 foi anunciado que o prédio passaria por uma grande reforma entre 2010 e 2013, o que abriu a possibilidade de trazer as obras para o Brasil. O Governo Federal, instituições públicas e privadas se engajaram para o projeto se concretizasse. Antes de São Paulo, a exposição passou pelo Rio de Janeiro e depois vai em turnê internacional.

João Cândido Portinari, único filho do artista, destacou a importância e o empenho do Presidente Lula para trazer as obras, sobre as quais ele tinha feito referência em um discurso na ONU em 2007:

Não é por acaso que o mural “Guerra” está colocado de frente para quem chega, e o mural “Paz”, para quem sai. A mensagem do artista é singela, mas poderosa: transformar aflições em esperança, guerra em paz, é a essência da missão das Nações Unidas.

http://www.youtube.com/watch?v=_wXcyLYKgEg

O esforço do Lula e a realização da exposição é um tapa na cara dos preconceituosos que insistem em não ver os enormes avanços que foram feitos para ampliar o acesso da população a cultura e a educação.

 

Viva a cultura brasileira!

 

“A GUERRA E A PAZ DE PORTINARI”

Letra de Fernando Brant musicada por Milton Nascimento.

 

A guerra é uma cavalgada 

cruzando o azul da paisagem

cortejo de fome e de morte

ferindo o coração dos homens


A mulher velando o filho morto 

a mulher e a criança chorando 

a mãe e a filha em desespero

de cabeças rolando na grama 


A guerra são os quatro cavalos

regendo a sinfonia de dores 

são os braços erguidos em prece 

pedindo o final dos horrores


A paz é um coro de meninos 

é a voz eterna da infância 

as mulheres dançando na roça 

os meninos pulando carniça 


É a noiva de branco sorrindo 

na garupa de um cavalo branco

a mulher carrega um carneiro 

crianças no espaço balançam 


A paz está nos meninos 

que brincam nos campos da infância 

nos homens, nas mulheres cantando

a harmonia, a esperança.

 

Site oficial da exposição http://www.guerraepaz.org.br

 

* Gabriel Medina foi presidente do CONJUVE entre dezembro de 2010 e abril de 2012 e é membro da Coordenação Nacional da DS.

Veja também

Feminismo de esquerda é tema de debate rumo ao encontro setorial de mulheres

Como parte de um processo coletivo e aberto de preparação para o Encontro Secretaria de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comente com o Facebook